Leilão

Lamborghini Diablo supera expectativa em leilão

Se um Lamborghini Diablo é sempre uma máquina avassaladora, o que dizer desta unidade? Trata-se de um dos últimos 42 Diablo produzidos — a edição especial e final SE do VT 6.0.

Se há modelo da marca de supercarros italiana que dispensa apresentações, esse modelo é o Lamborghini Diablo. Mais não seja porque faz parte do imaginário de qualquer um de nós. É por isso que ver um destes modelos, lançado em 1990, à venda num leilão faz nos viajar no tempo e continuar a… sonhar.

Entre 1990 e 2001 foram produzidos aproximadamente 2900 unidades do mítico Lamborghini, mas esta unidade que vai agora a leilão, um VT 6.0 SE é uma das últimas produzidas.

O V12 de 6.0 litros desta unidade foi a derradeira evolução deste bloco, cujas origens remontam à criação da marca no início da década de 60. São 550 cv de potência, mais de 320 km/h de velocidade máxima e a tração é integral.

Diablo com apenas 22 km

A fábrica, em Sant’Agata Bolognese, em Bolonha, Itália, apenas produziu 42 unidades com esta configuração, metade na cor “Sunrise Gold” e outra metade neste “Sunset Brown” com o interior igualmente em pele castanha e acabamentos em titânio.

A unidade que foi agora a leilão é a Nº40 dos 42 exemplares produzidos e esteve armazenado de 2008 a 2012 numa garagem com climatização controlada, antes de ser vendido a um outro colecionador em Hong Kong. É este mesmo colecionador que agora o colocou a leilão, com apenas 22 km, e em estado irrepreensível de conservação. Mais um que feliz ou infelizmente não tem mostrado aos seus proprietários aquilo de que é capaz.

Naturalmente que neste perfeito estado, a RM Sotheby’s conseguiu fechar o leilão no dia 9 de março, por 412 mil dólares, aproximadamente 335 mil euros, 50 a 80 mil euros mais dos valores originais previstos.

Sabes responder a esta?
Qual irá ser o sucessor do Volkswagen Beetle?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

É oficial. Volkswagen Beetle não terá sucessor

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos