Salão de Genebra 2018

Tudo sobre o novo Kia Ceed 2018 em 8 pontos

A nova geração do Kia Ceed assenta numa nova plataforma, é mais espaçoso, tem novas motorizações e é o primeiro Kia na Europa a ter tecnologias de condução autónoma.

Foi revelado hoje a terceira geração do Kia Ceed e as expetativas são grandes. A primeira geração foi lançada em 2006, e desde então já foram construídas mais de 1,28 milhões de unidades, onde mais de 640 mil pertenceram à segunda geração — a nova geração tem de ser tão bem sucedida ou ainda mais que as anteriores.

1 — Ceed e não Cee’d

Destaca-se, desde já, pela simplificação da sua denominação. Deixou de ser Cee’d e passa a ser apenas Ceed. Mas o nome Ceed é também um acrónimo.

As letras CEED significam “Comunidade da Europa e Europeu no Design”.

O nome soa estranho, mas dá relevo ao foco europeu do Ceed, continente onde foi desenhado, concebido e desenvolvido — mais precisamente em Frankfurt, Alemanha.

Também a sua produção é efetuada em solo europeu, na fábrica da marca em Žilina, Eslováquia, onde são produzidos igualmente os Kia Sportage e Venga.

Novo Kia Ceed 2018
A traseira do novo Kia Ceed.

2 — O desenho amadureceu

A nova geração distingue-se da anterior facilmente. O desenho dinâmico e até sofisticado da segunda geração evolui para algo mais maduro, com proporções diferenciadas, consequência de assentar sobre a nova plataforma K2.

Apesar de manter a mesma distância entre eixos de 2,65 m do antecessor, as proporções diferem não só pela maior largura (+20 mm) e menor altura (-23 mm), como pelo posicionamento das rodas relativamente às extremidades da carroçaria. O vão dianteiro é agora mais curto 20 mm, enquanto o vão traseiro cresce também em 20 mm. Diferenças que “fazem recuar” o habitáculo e alongar o capot.

O estilo evolui para algo mais maduro e sólido — as linhas apresentam uma orientação marcadamente mais horizontal e rectilínea. A frente é dominada pela típica grelha “nariz de tigre”, agora mais larga, e marcam presença, agora em todas as versões, as luzes diurnas “Ice Cube” — quatro pontos de luz, herdados das GT e GT-Line da geração anterior. E na traseira os grupos óticos passam a ter uma disposição horizontal, bem distinto do antecessor.

3 — Nova plataforma garante mais espaço

A nova plataforma K2 permitiu igualmente um melhor aproveitamento de espaço. A bagageira cresce até aos 395 litros, com a Kia a anunciar mais espaço ao nível dos ombros para os passageiros atrás, e mais espaço ao nível da cabeça para condutor e passageiro à frente. Também a posição de condução é agora mais baixa.

Novo Kia Ceed 2018 — bagageira

4 — O Kia Ceed pode trazer um… pára-brisas aquecido

O desenho do tablier também pouco ou nada herda da anterior geração. Apresenta-se agora com uma disposição mais horizontal, divido numa área superior — instrumentos e sistema de infoentretenimento —, e outra inferior — áudio, aquecimento e ventilação.

A marca refere materiais com melhor qualidade e suaves ao toque, e diversas opções em acabamentos — frisos metálicos ou cromados acetinados —, e estofos — tecido, couro sintético e pele genuína. Mas teremos de aguardar por um ensaio em solo nacional para comprovar estes aspetos.

Novo Kia Ceed 2018
O sistema de infoentretenimento, agora em posição destacada, está disponível com um sistema de áudio e ecrã tátil de 5″ ou 7″. Caso se opte pelo sistema de navegação o ecrã cresce para as 8″.

Destacam-se outros equipamentos, na maior parte opcionais, como o sistema de som JBL, um pára-brisas aquecido (!) e bancos aquecidos tanto à frente como atrás, com a possibilidade de os dianteiros poderem ser ainda ventilados.

5 — Maior novidade é o novo… Diesel

No capítulo das motorizações destaca-se a estreia de uma nova motorização a Diesel CRDi. Denominado U3, vem equipado com um sistema de redução catalítica seletiva (SCR), e já cumpre a rigorosa norma Euro6d TEMP, assim como os ciclos de testes de emissões e consumos WLTP e RDE.

Trata-se de um bloco com 1.6 litros, disponível em dois níveis de potência — 115 e 136 cv — produzindo 280 Nm em ambos os casos, prevendo-se que as emissões de CO2 fiquem abaixo das 110 g/km.

A gasolina, encontramos o 1.0 T-GDi com 120 cv, e um novo 1.4 T-GDi da família Kappa, que substitui o anterior 1.6 com 140 cv e, por fim, o 1.4 MPi, sem turbo, e 100 cv, como degrau de acesso à gama.

novo Kia Ceed — motor 1.4 T-GDi
Todas as motorizações estão associados a uma caixa manual de seis velocidades, com o 1.4 T-GDi e 1.6 CRDi a poderem ser associados a uma nova caixa de dupla embraiagem de sete velocidades.

6 — Condução mais interessante?

O Ceed foi concebido na Europa para europeus, pelo que se espera uma condução envolvente, mais ágil e de resposta mais imediata — para tal o novo Kia Ceed traz suspensão independente nos dois eixos e a direção é mais direta. A marca promete “maiores índices de controlo da carroçaria em curva e de estabilidade a alta velocidade”.

7 — O primeiro Kia europeu com tecnologia de condução autónoma

Como não poderia deixar de ser, a palavra de ordem hoje em dia inclui sempre inúmeros sistemas de segurança e assistência à condução. O Kia Ceed não desilude: Assistente das Luzes de Máximos, Aviso de Atenção do Condutor, Sistema de Alerta à Manutenção na Faixa de Rodagem e Aviso de Colisão Frontal com Assistência à Prevenção de Colisões Frontais estão presentes.

É o primeiro Kia, na Europa, a vir equipado com tecnologias de condução autónoma de nível 2, nomeadamente com um sistema de Assistência à Manutenção na Faixa de Rodagem. Este sistema é capaz, por exemplo, de manter o veículo na sua faixa em autoestradas, mantendo sempre uma distância de segurança para o veículo da frente, funcionando até velocidades de 130 km/h.

Outros equipamentos tecnológicos em destaque são o Cruise Control Inteligente com Stop & Go, Alerta de Perigo de Colisão à Retaguarda ou Sistema Inteligente de Auxílio ao Estacionamento.

8 — Chega no terceiro trimestre

O novo Kia Ceed será apresentado publicamente no próximo Salão de Genebra, que abre portas no dia 8 de março. Além da carroçaria de cinco portas, será dada a conhecer uma segunda variante do modelo — será a versão de produção do Proceed?

A sua produção arrancará no início de maio, e a comercialização no terceiro trimestre deste ano. Como não podia deixar de ser na marca, o novo Kia Ceed terá garantia de 7 anos ou 150 mil quilómetros.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Porsche 356?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Goodwood Festival of Speed. Porsche será a marca em destaque

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos