Apresentação

O Aston Martin Vanquish Zagato ganha um Speedster e uma Shooting Brake

A Aston Martin e a Zagato regressam a Pebble Beach para adicionar duas novas carroçarias ao Vanquish Zagato: o Speedster e Shooting Brake.

O ano passado ficámos a conhecer o Aston Martin Vanquish Zagato Coupé, um GT muito exclusivo com assinatura da Zagato – a histórica carrozzieri italiana. Uma ligação italo-britânica que ja dura há seis décadas. E não foi preciso esperar muito pela correspondente versão descapotável, denominada Volante.

Ambos os modelos já iniciaram a sua produção, e reflectindo o seu caráter exclusivo, estarão ambos limitados a 99 unidades cada.

Mas a Aston Martin e a Zagato ainda não terminaram com os Vanquish Zagato. Este ano o número de carroçarias crescerá para quatro, com a apresentação de um Speedster e de uma intrigante Shooting Brake no Pebble Beach Concours d’Elegance, que abre portas no próximo dia 20 agosto.

Começando pelo Speedster, e comparando-o com o Volante, a principal diferença é a ausência dos dois (muito pequenos) bancos traseiros, ficando limitado a apenas e só dois lugares. Tal alteração permitiu um estilo mais extremista na definição do deque traseiro, muito mais sports car que GT. As bossas por detrás dos bancos cresceram em dimensões, e tal como a restante carroçaria, são “esculpidos” em fibra de carbono.

O Speedster será o elemento mais raro de todos os Vanquish Zagato, com apenas 28 unidades a serem produzidas.

Vanquish Zagato recupera Shooting Brake

E se o Speedster está num dos extremos desta família muito especial de Vanquish, o que dizer da Shooting Brake? Para já apenas uma imagem do seu perfil foi revelada e as proporções são dramáticas. Apesar do teto que se prolonga horizontalmente em direção à traseira a Shooting Brake, tal como o Speedster, terá apenas dois lugares. O novo teto permitirá, no entanto, versatilidade acrescida. E para mais, a Shooting Brake virá equipada com um conjunto de malas específicas para este modelo.

Aston Martin Vanquish Zagato Shooting Brake

O teto em si apresenta as características bossas duplas que já são imagem de marca da Zagato, acompanhadas por aberturas em vidro para permitir a entrada de luz no habitáculo. Tal como o Coupe e o Volante, a Shooting Brake será produzida em 99 unidades.

Aparte as diferenças implícitas às duas tipologias, os Vanquish Zagato apresentam carroçaria com modelação distinta relativamente aos outros Vanquish. Destaca-se a nova frente, onde a grelha de contornos típicos da Aston Martin se estende a quase a toda a largura e integram os faróis de nevoeiro. E na traseira, podemos observar as óticas inspiradas nas óticas traseiras Blade do Vulcan, o “monstro” da marca britânica desenhado para os circuitos.

Todos os Vanquish Zagato são baseados no Aston Martin Vanquish S, recebendo o seu V12 de 5.9 litros, naturalmente aspirado, debitando 600 cavalos. A transmissão fica a cargo de uma caixa automática de oito velocidades.

Os preços não foram divulgados, mas estima-se que cada uma das 325 unidades – a soma da produção de todas as carroçarias – foi vendida por preços superiores a 1.2 milhões de euros. E todas as 325 unidades já encontraram comprador.

Mais artigos em Notícias