Mercado

Engenheiro Ulrich Kranz troca BMW pela Faraday Future

Co-fundada por um antigo engenheiro da Tesla, desta vez a Faraday Future foi à BMW buscar Ulrich Kranz, responsável pelos modelos híbridos e elétricos na marca alemã.

Ao longo do último ano, muito se tem falado sobre o futuro da Faraday Future, mas nem sempre pelos melhores motivos. A chinesa LeEco (empresa que detém a Faraday Future) despediu recentemente 325 funcionários – 70% da sua força de trabalho. Isto depois dos planos para construir uma hiper fábrica e avançar com o primeiro modelo de produção terem saídos furados, ou pelo menos adiados.

Apesar de todos os problemas, em grande parte financeiros, a Faraday Future tem conseguido dar alguns passos significativos no desenvolvimento do FF 91 (em baixo), o primeiro modelo de produção.

Agora, a marca sediada na Califórnia acaba de anunciar uma contratação de peso: Ulrich Kranz, antigo responsável pela BMW i – o departamento através do qual são lançadas as propostas «verdes» da marca bávara.

RELACIONADO: Faraday Future 91, o primeiro elétrico de produção em Pikes Peak

Depois de três décadas ao serviço da BMW, Ulrich Kranz vai assumir o cargo de Chief Technology Officer na Faraday Future, onde terá pela frente um desafio difícil: fazer do protótipo 100% elétrico FF 91 uma realidade, ou seja, um modelo de produção.

Eu não sou pessoa de saltar de trabalho em trabalho. Algumas pessoas vão certamente estranhar esta decisão, mas aqueles que me conhecem sabem que sou capaz de arriscar e abraçar os meus projetos.

Ulrich Kranz

O FF 91 foi apresentado no início deste ano através de um protótipo (esteticamente) bastante próximo da produção. A marca anuncia uma aceleração dos 0-100km/h em 2,38 segundos, fruto dos 1065 cv e 1800 Nm às quatro rodas, e uma autonomia de 700 km (de acordo com o ciclo NEDC).

Quando (e se) avançar para a produção, o FF 91 irá rivalizar com o Tesla Model X, e partirá em vantagem – pelo menos na ficha técnica.

Ulrich Kranz
O alemão Ulrich Kranz.

Sabes responder a esta?
Qual o tempo conseguido pela Motor Trend na aceleração das 0-60 milhas por hora com o Tesla Model S P100D ?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ferrari, Porsche e McLaren: nenhum deles acompanha o Tesla Model S P100D

Mais artigos em Notícias