Condução Autónoma

Pela primeira vez, um veículo autónomo passou por uma portagem

Os testes do Grupo PSA a veículos autónomos continuam a decorrer a bom ritmo. O objetivo é implementar estas tecnologias nos modelos de produção a partir de 2020.

Desde julho de 2015 que o Grupo PSA (Peugeot, Citroën e DS) tem levado a cabo um programa de testes a modelos autónomos, em condição reais e em vários países da Europa. Na manhã desta quarta-feira (12 de julho), um desses modelos – neste caso um Citroën C4 Picasso – cruzou pela primeira vez a portagem de Saint-Arnoult-en-Yvelines, a maior da Europa, sem qualquer intervenção do condutor.

Realizada em condições reais de tráfego, esta experiência resulta do desenvolvimento do veículo autónomo para o Nível 4 (mind off, sem supervisão do condutor). É também o culminar de um programa de desenvolvimento que juntou o Grupo PSA à rede VINCI Autoroutes, líder europeia entre os operadores de autoestradas e infraestruturas.

A mobilidade encontra-se num ponto de viragem da sua história, enfrentando mudanças de comportamentos e práticas que irão transformar a experiência de condução e das viagens em estrada. Para que os veículos do futuro se tornem verdadeiramente autónomos, eles devem estar conectados às infraestruturas inteligentes que estamos a desenvolver.
Pierre Coppey, presidente da VINCI Autoroutes

Um processo complexo

Para um veículo autónomo, a transposição de uma área de portagem acaba por ser um processo complexo, pois requer uma capacidade adicional de gestão dos fluxos na aproximação a uma zona de portagens, além de que estas zonas são muitas vezes caracterizadas pela ausência de marcações no alcatrão. O desafio é direcionar a trajetória do veículo autónomo de forma a que este se insira automaticamente no corredor da portagem.

Como tal, o Citroën C4 Picasso em questão foi munido de equipamento eletrónico de portagem especial; além disso, foi implantado um sistema de orientação a 500 metros da barreira de Saint-Arnoult, e o próprio sistema de informação da portagem foi modificado para garantir a passagem de veículos autónomos.

Sabes responder a esta?
Como se chama a nova tecnologia de suspensões da Citroën estreada no C5 Aircross?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Novo Citroën C5 Aircross revelado
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Novo Citroën C5 Aircross revelado

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos

Pub