Desporto Motorizado

Como transformar um Le Mans Racer num Fórmula E? Simples…

"Progress Feels Electric". Esta é a punchline do vídeo partilhado pela Audi acerca da transição do Mundial de Resistência para o Mundial de Fórmula E.

Como é sabido, depois de 18 anos na linha da frente das competições de endurance – com 13 vitórias nas prestigiadas 24 Horas de Le Mans -, a Audi decidiu no final da temporada passada abandonar o Campeonato Mundial de Resistência. Todos os esforços do departamento de competição da Audi passarão a estar concentrados na Fórmula E.

Uma decisão que, de acordo com os responsáveis da marca, se justifica pelo elevado potencial da competição dedicada a monolugares 100% elétricos:

“À medida que os nossos carros de produção se vão tornando cada vez mais elétricos, também os modelos de competição têm de o ser. Vamos disputar a corrida pelo futuro da propulsão elétrica“.
Rupert Stadler, presidente do Conselho de Administração da Audi

Aproveitando a passagem do Campeonato Mundial de Fórmula E pela Alemanha, no Grande Prémio de Berlim – e também as 24 Horas de Le Mans, que se disputam no próximo fim-de-semana -, a Audi lançou um vídeo promocional que descreve o quão rápida foi a transição dos LMP1 para os Fórmula E:

Relembramos que o Mundial de Fórmula E terá novidades em 2018, entre as quais a 9 novos construtores. Sabe tudo aqui.

Sabes responder a esta?
Quando é que foi lançada a primeira geração do Audi A8?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Todos os segredos (ou quase) da próxima geração do Audi A8

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos

Pub