Antevisão

Nova geração do Audi A8 poderá desligar o motor entre os 55 e os 160 km/h

Depois da estrutura Audi Space Frame, a marca alemã dá a conhecer os primeiros pormenores da unidade motriz do novo Audi A8.

Falta sensivelmente um mês para a apresentação da quarta geração do Audi A8, e como tal os detalhes técnicos acerca do porta-estandarte de Ingolstadt continuam a ser revelados a conta gotas. Desta vez, foi-nos dado a conhecer a unidade motriz do modelo alemão – e é aqui que reside uma das novidades do novo Audi A8.

Pela primeira vez, um modelo de produção da Audi vai ser oferecido de série com uma motorização semi-híbrida – ou MHEV (mild hybrid electric vehicle).

O segredo está no novo sistema elétrico de 48 volts da marca alemã, composto por um motor elétrico e uma bateria de iões de lítio de 10 Ah, localizada sob o compartimento da bagageira. O sistema não permite autonomia elétrica, mas assiste o motor de combustão, providencia energia aos diversos consumíveis e incrementa as funcionalidades do sistema start/stop e “coasting”, ou seja, a capacidade de rodar com o motor em ponto morto.

De acordo com a Audi, o sistema start/stop passa a estar ativo a partir dos 22 km/h e vem com nova funcionalidade preditiva. Ou seja, caso a câmara frontal em conjunto com os sensores do A8 detectem que o carro à nossa frente começa a movimentar-se, o motor elétrico pode ligar o motor de combustão em antecipação, mesmo se ainda estivermos a pressionar o pedal de travão.

Motor pode desligar-se a 160 km/h

Relativamente à função de “coasting”, passa não só a desengatar o motor, como a desligá-lo na totalidade, até 40 segundos, a velocidades entre os 55 e 160 km/h, tudo em nome dos consumos, emissões e ruído – uma solução semelhante à que encontramos no novo Golf. Assim que o condutor volta a premir o acelerador, o motor de combustão entra em cena “de forma rápida mas suave”.

O sistema semi-híbrido do novo Audi A8 permite reduzir os consumos de combustível até 0.7 litros por cada 100 km.

Além da segunda geração do sistema Audi Virtual Cockpit, o porta estandarte tecnológico da Audi terá o previlégio de estrear uma outra novidade da marca alemã: as tecnologias de condução semi-autónoma. O sistema, que está a ser desenvolvido pelos engenheiros da marca há largos meses, continua dependente da legislação em vigor em cada um dos mercados, mas de acordo com o presidente da Audi, Rupert Stadler, vai permitir ao Audi A8 assumir a condução a velocidades até aos 60 km/h. É esperar para ver.

O novo Audi A8 vai ser apresentado no Audi Summit, em Barcelona, dia 11 de julho.

Sabes responder a esta?
A que faixa de rotações é obtida a potência máxima do novo Honda Civic Type R?

Mais artigos em Notícias