Facelift

As três personalidades do renovado Fiat 500L

"Cada vez mais versátil. Cada vez mais tecnológico. Cada vez mais 500". É assim que a Fiat descreve o renovado 500L, que se apresenta com um novo look e novas versões.

Dois anos depois do citadino Fiat 500, o modelo mais espaçoso da gama cinquecento foi finalmente alvo de uma renovação. A marca italiana pretende dar continuidade ao sucesso de vendas no «velho continente», onde lidera o segmento dos monovolumes compactos. Mas com que trunfos?

40% dos componentes são novos, garante a Fiat

À primeira vista parece ter sido uma renovação bastante ligeira, mas a Fiat garante ter feito alterações um pouco por todo o carro.

À frente, dominam os apontamentos cromados nos faróis, grelha e para-choques. As luzes diurnas em LED ganharam um novo desenho, semelhante aos dois zeros da assinatura 500 da Fiat. É um Fiat 500L com um look mais atualizado e moderno.

A Fiat oferece 37 combinações de cores para a carroçaria e três tipos de acabamentos para o tejadilho. O leque alargado de opções de personalização estende-se também ao habitáculo – na lista de opcionais destacam-se os 92 acessórios da Mopar (como por exemplo o sistema de som Beats com 520 watts). No interior, as novidades passam (novamente) pelos apontamentos cromados, um painel de instrumentos com um display de 3.5 polegadas, nova manete das mudanças, apoio de braço central e o mais recente sistema de infoentretenimento da Fiat.

Versões Cross, Urban e Wagon

Para refletir a versatilidade do novo 500L, a Fiat vai novamente oferecê-lo em três versões distintas.

Disponível com os níveis de equipamento Popstar, Lounge e Business (comercial), a versão de entrada Urban é, como o nome indica, a mais talhada para os percursos em cidade – 4.24 m de comprimento, 1.78 m de largura e 1.66 m de altura.

A versão Cross (que substitui a Trekking), com cinco lugares, é a mais aventureira, embora mantenha as mesmas dimensões da Urban. Para lá do estilo crossover, com proteções na carroçaria, jantes de 17 polegadas e mais 25 mm de distância ao solo, os modos de condução Normal, Traction+ e Gravity Control permitem adaptar o comportamento do carro ao tipo de piso.

Por último temos a versão Wagon, conhecida até agora por Living. Com 638 litros de capacidade de bagageira ou numa configuração de sete lugares (416 litros de bagageira), esta é a versão mais versátil e familiar – segundo a Fiat, o 500L Wagon é o modelo de sete lugares mais compacto do mercado, com 4.38 metros de comprimento.

RELACIONADO As três personalidades do renovado Fiat 500L

Quanto ao leque de motorizações, tudo na mesma. O 500L vai estar disponível com três blocos a gasolina: 0.9 litros TwinAir com 105 cv, 1.4 litros com 95 cv e 1.4 litros T-Jet com 120 cv. Na oferta Diesel será possível optar entre o bloco 1.3 MultiJet de 95 cv e o 1.6 MultiJet de 120 cv.

O Fiat 500L deverá chegar a Portugal este outono, com preços próximos do modelo ainda em comercialização.

Fiat 500L
Sabes responder a esta?
Quais eram os consumos do clássico Fiat Mephistopheles?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Fiat Mephistopheles: o demónio de Turim
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Fiat Mephistopheles: o demónio de Turim

Mais artigos em Notícias