É oficial. Adeus Yeti, olá Skoda Karoq

A Skoda prometia uma revolução completa para a segunda geração do Yeti. Pois bem, não podíamos pedir mais: eis o novo Skoda Karoq.

Oito anos depois do lançamento do primeiro Skoda Yeti, aproximamos-nos da fase final de desenvolvimento da segunda geração do modelo checo. Um modelo que, a julgar pelos protótipos camuflados (nas imagens), vai abandonar as formas quadradas que o caracterizam, aproximando-se do recém lançado Kodiaq.

Para esta segunda geração, o modelo foi alvo de uma revisão profunda… tão profunda que até o nome perdeu. O nome Karoq, registado pela Skoda no início deste mês, foi a designação escolhida pela marca checa para batizar o Model Q – nome de código desta segunda geração do Skoda Yeti.

Skoda Karoq

Tal como o “Kodiaq”, este nome deriva de um dialeto dos indígenas no Alaska e resulta da combinação entre “Kaa’raq” (carro) e “ruq” (seta).

ESPECIAL: A Volvo é conhecida por construir automóveis seguros. Porquê?

O novo Skoda Karoq recorre aos préstimos da plataforma MQB, que acolhe modelos como o Volkswagen Golf, SEAT Ateca, Audi Q2, Skoda Kodiaq, e os próximos SEAT Arona e Volkswagen T-Roc. Por isso, a Skoda voltou a apostar nas reconhecidas soluções técnicas do Grupo Volkswagen, nomeadamente no que toca ao leque de motorizações.

O Skoda Karoq vai estar disponível com três opções Diesel e duas a gasolina, entre os 115 cv e 190 cv de potência. À exceção do motor 2.0 TDI de 190 cv, equipado exclusivamente com um sistema de tração 4×4 (com 5 modos de condução) e a caixa DSG de sete velocidades, todas as versões estarão disponíveis com uma caixa manual de seis velocidades ou DSG de sete velocidades.

O Skoda Karoq assume-se como um SUV compacto, medindo 4 382 mm de comprimento, 1 841 mm de largura, e 1 605 mm de altura. A distância entre eixos é de 2 638 mm (2 630 mm na versão com tração integral).

No interior, para além da iluminação LED configurável em 10 cores, o Skoda Karoq estreia um painel de instrumentos digital que pode ser personalizado de acordo com as preferências do condutor. Para a bagageira a Skoda anuncia uma capacidade  de 521 litros (1 630 litros com os bancos rebatidos). Graças aos bancos removíveis, a volumetria é extensível até aos 1 810 litros.

Skoda Karoq

A NÃO PERDER: Este é o novo Skoda Vision E. Licença para produzir?

O novo Skoda Karoq vai ser apresentado no dia 18 de maio em Estocolmo, na Suécia. O lançamento para os mercados europeus está previsto para o segundo semestre de 2017.

Depois do Karoq seguem-se mais dois SUV’s na gama Skoda: o Model K, um SUV de segmento B para rivalizar com o Renault Captur e Peugeot 2008 (entre outros), e o Kodiaq Coupé, uma versão orientada para o mercado asiático.

Skoda Karoq

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter