Mercedes-Benz e Bosch juntas no desenvolvimento de tecnologias de condução autónoma

Mais um passo decisivo rumo à produção de veículos totalmente autónomos, a partir da próxima década.

Depois do acordo de cooperação assinado com a Uber, a Daimler anunciou agora uma parceria com a Bosch, no sentido levar mais longe os veículos totalmente autónomos e sem condutor.

As duas empresas estabeleceram uma aliança de desenvolvimento para fazer do sistema para veículos totalmente autónomos (Nível 4) e sem condutor (Nível 5) uma realidade para o tráfego urbano, já a partir da próxima década.

GLÓRIAS DO PASSADO: O primeiro “Panamera” foi um… Mercedes-Benz 500E

O objetivo passa pela criação de software e algoritmos para um sistema de condução autónomo. O projeto irá unir o conhecimento especializado da Daimler, um dos maiores construtores a nível mundial, aos sistemas e hardware da Bosch, a maior fornecedora de peças automóvel do mundo. As sinergias resultantes serão canalizadas no sentido de ter esta tecnologia pronta para produção “o mais cedo possível”.

Abrir portas às pessoas sem carta de condução

Ao promover um sistema para veículos totalmente autónomos e sem condutor, virado para a condução em cidade, a Bosch e a Daimler querem melhorar o fluxo de tráfego urbano e a segurança rodoviária.

O principal foco do projeto é criar um sistema de condução pronto para produção – os veículos irão deslocar-se de forma completamente autónoma nas cidades. O conceito deste projeto define que o veículo virá ter com o condutor, e não o contrário. Dentro de uma área urbana pré-determinada, as pessoas poderão conseguir usar os seus smartphones para agendar uma partilha de carro ou um táxi urbano autónomo, pronto a transportá-los até ao destino.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos