Próxima geração do Ford Focus ST pode chegar aos 280 cv

Desempenho e eficiência são duas características que se vão manter no novo Focus ST.

Ainda estamos no rescaldo da apresentação do novo Ford Fiesta e Ford Fiesta ST, mas já se fala da nova geração do Ford Focus, sobretudo da variante desportiva Focus ST.

A performance vai continuar a pautar os modelos da Ford, seja no exótico GT, ou nos seus utilitários e pequenos familiares. Tal como o Fiesta ST, que passou a debitar 200 cv provenientes de um pequeno e inédito motor de 1.5 litros com apenas três cilindros, também o novo Focus ST não vai abdicar de elevados níveis de potência.

Downsize ao motor, upgrade do nível de potência

De acordo com a Autocar, a Ford não recorrerá ao atual 2.0 litros EcoBoost. O rumor refere um bloco de apenas 1.5 litros, mas não será o três cilindros do futuro Fiesta ST. Trata-se de uma evolução do atual 1.5 EcoBoost de quatro cilindros que já equipam diversos modelos da Ford. O downsize justifica-se para fazer face às normas de emissões cada vez mais restritivas. Mas desengane-se quem pensa que a diminuição da capacidade do motor significa menos potência.

A NÃO PERDER: Volkswagen Golf. As principais novidades da geração 7.5

Na próxima geração do Focus ST, este motor 1.5 litros de quatro cilindros poderá chegar aos 280 cv (275 hp) de potência máxima, um salto expressivo face aos 250 cv do atual modelo (nas imagens). E não nos esqueçamos, extraídos de um motor de menor capacidade. Atualmente, apenas o Peugeot 308 GTi apresenta números semelhantes: 1.6 litros turbo e 270 cavalos.

Os engenheiros da Ford têm trabalhado na otimização das tecnologias de turbocompressão, injeção direta e desativação de cilindros, de forma a não só elevar os níveis de potência mas também manter a eficiência e economia de combustível.

ford focus st

Quanto à motorização Diesel, é quase certo que estará disponível na nova geração do Focus ST. Atualmente, as versões Diesel do Focus ST equivalem a quase metade das vendas no «velho continente».

De resto, a nova geração do Focus recorrerá a uma evolução da plataforma do atual, num exercício semelhante ao que a Ford operou com o sucessor do Fiesta. Ou seja, a palavra de ordem é evolução. Sobretudo ao nível da estética tanto exterior como interior. Ainda de acordo com a Autocar, a Ford vai prestar atenções redobradas na montagem e na forma como a carroçaria e a área envidraçada se unem, pelo que o foco estará sobretudo na qualidade de execução.

O novo Ford Focus deverá ser apresentado mais para o final do ano, com o Focus ST a ser revelado na primavera de 2018, o que deverá coincidir com a chegada do novo Fiesta ST ao mercado.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos