Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Salão de Xangai 2017

Skoda Vision E antecipa o primeiro elétrico da marca

Será já no próximo mês, no Salão de Shangai, que a Skoda vai apresentar o Vision E, um SUV de aspeto dinâmico e que antecipa o primeiro veículo 100% elétrico da marca.

A Skoda acaba de revelar mais informações do Vision E e novos sketch oficiais. E como referimos na apresentação do primeiro teaser, o novo concept da marca é um SUV com cinco portas. Definido como um SUV coupé pela Skoda, o Vision E ganha relevância por ser o primeiro veículo da marca a ser motorizado exclusivamente por eletricidade.

É o primeiro passo da futura estratégia da eletrificação da marca que, até 2025, vai dar origem a cinco veículos de zero emissões em diversos segmentos. Ainda antes de conhecermos o primeiro veículo elétrico da Skoda em 2020, a marca checa apresentará um ano antes uma versão híbrida do tipo plug-in do Superb.

2017 Skoda Vision E

O Vision E tem 4645 mm de comprimento, 1917 mm de largura, 1550 mm de altura e 2850 mm de distância entre eixos. Dimensões que fazem do Vision E um carro mais curto, largo e uns expressivos 10 cm mais baixo que o Kodiaq, o mais recente SUV da marca. Ao ser mais curto cinco centímetros e ter mais seis centímetros entre os eixos que o Kodiaq, as rodas estão bem mais próximas dos cantos.

Isto permite ao Vision E um conjunto de proporções distintas. Tal deve-se ao recorrer da MEB (Modulare Elektrobaukasten), a plataforma dedicada exclusivamente a veículos elétricos do grupo Volkswagen. Estreada pelo concept I.D. da marca alemã no salão de Paris em 2016, já deu origem a um segundo concept, o I.D. Buzz no salão de Detroit deste ano.

Cabe agora à Skoda explorar o potencial desta nova e versátil base. Ao prescindir totalmente do motor de combustão interna, a MEB permite uma frente mais curta, ampliando o espaço dedicado aos ocupantes.

RELACIONADO: Já conduzimos o novo Skoda Kodiaq

Sendo definido como um SUV, o Vision E tem tração às quatro rodas, cortesia dos dois motores elétricos, um por eixo. A potência total é de 306 cv (225 kW) e, de momento, não se conhece performances. No entanto, declararam a velocidade máxima – limitada a 180 km/h.

A questão premente em veículos elétricos continua a ser a autonomia. A Skoda anuncia para o seu concept cerca de 500 km, distância mais que suficiente para a generalidade das necessidades.

O Vision E também é autónomo

A relevância deste concept não se deve apenas a antecipar o primeiro veículo elétrico da marca. O Skoda Vision E também antecipa a introdução de sistemas de condução autónoma. Na escala de 1 a 5 para identificar os níveis de condução autónoma, o Vision E enquadra-se no nível 3. O que isto significa é que, graças a um conjunto de sensores, radares e câmaras, o Vision E pode operar de forma independente em situações de para-arranca e autoestrada, manter-se ou mudar de faixa de rodagem, efetuar ultrapassagens e até procurar por lugares de estacionamento e também sair destes.

A Skoda deverá revelar imagens do Vision E ao aproximar-nos da data de abertura do Salão de Shangai, que abre as suas portas já no dia 19 de abril.

Mais artigos em Notícias