Jeep Compass, o mais capaz fora de estrada no seu segmento

O Jeep Compass chegou à Europa, via Genebra. Ficámos a conhecer o novo SUV médio da marca, um modelo que será peça crucial nas ambições globais da Jeep.

Apresentado no ano passado em Los Angeles, o Jeep Compass estreia-se agora na Europa, marcando presença no salão helvético.

O SUV médio da Jeep terá como rivais o líder Nissan Qashqai, o recente Peugeot 3008 e o Hyundai Tucson, entre outros. O segmento continua a crescer, pelo que a Jeep, a marca que deu origem aos SUV tal como os conhecemos hoje, não poderia ficar de fora.

2017 Jeep Compass Trailhawk em Genebra

Se atualmente existem propostas no segmento que nem tração às quatro rodas disponibilizam, a Jeep sendo a Jeep, disponibilizará no Compass duas versões AWD (All Wheel Drive).

A mais complexa será exclusiva das versões Trailhawk, otimizada para fora de estrada. Apresenta altura ao solo acrescida, para-choques redesenhados – incrementando os ângulos de ataque e saída -, e armadura extra para proteger o cárter e a transmissão. Destaca-se também por ter parte do capot em preto, de modo a reduzir os reflexos no para-brisas.

O sistema de tração às quatro do Trailhawk acrescenta um modo de condução otimizado para “trepar” pedras e altera a gestão da caixa de nove velocidades automática, com a primeira velocidade a simular uma redutora. Em nome da eficiência, ambos os sistemas AWD do Compass permitem desconectar o eixo traseiro quando não necessário. A oferta é complementada com versões de apenas duas rodas motrizes.

O Compass vai buscar ao Grand Cherokee a inspiração para o seu desenho, mas é do Renegade que herda a plataforma (Small US Wide). Esta foi esticada em comprimento e largura, beneficiando as cotas internas. O Compass tem 4.42 m de comprimento, 1.82 m de largura, 1.65 m de altura e 2.64 m de distância entre eixos.

Os motores para a Europa

Em Genebra foi dado a conhecer a gama de motores e transmissões para o mercado europeu. O nível de acesso ao Jeep Compass far-se-á com versões de apenas duas rodas motrizes e caixa manual de seis velocidades. Os motores disponíveis são o Diesel 1.6 litros Multijet de 120 cv e 320 Nm e o Multiair2 de 1.4 litros a gasolina, turbo, de 140 cv e 230 Nm.

Subindo um degrau encontramos o Diesel 2.0 litros Multijet com 140 cavalos e 350 Nm, e o 1.4 litros Multiair2 com 170 cv e 250 Nm. Tanto podem vir com a caixa manual de seis velocidades ou uma automática de nove velocidades, mas agora com tração às quatro rodas.

2017 Jeep Compass em Genebra

A motorização de topo, para já, fica a cargo de uma versão de 170 cv do 2.0 litros Multijet – apenas estará disponível com caixa automática e tração total. É o motor e transmissão escolhido para o Trailhawk.

No interior poderemos encontrar a quarta geração do Uconnect, o sistema de infoentretenimento disponível em múltiplos modelos da FCA. Apple CarPlay e Android Auto marcarão presença e o Uconnect estará disponível em três tamanhos: 5.0, 7.0 e 8.4 polegadas.

O Jeep Compass será um verdadeiro cavalo de batalha global para a Jeep. O SUV vai estar disponível em mais de 100 países e será produzido em quatro locais distintos: Brasil, China, México e Índia. O Jeep Compass chega ainda este ano ao nosso mercado, apesar de ainda não ter sido disponibilizada uma data concreta.

Todas as novidades do Salão de Genebra aqui

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos