Descobre as diferenças do “novo” BMW Série 4

A marca de Munique operou uma ligeira atualização no BMW Série 4, disponível em todos os elementos da família: coupé, cabriolet, gran coupé e M4.

Desde o seu lançamento em 2013 até ao final de 2016, o BMW Série 4 vendeu cerca de 400 mil unidades em todo o mundo.

Foi com vontade de acentuar ainda mais o carácter desportivo do Série 4 que os engenheiros da marca alemã partiram para esta ligeira renovação, transversal a toda a gama.

Esteticamente, a BMW apostou num novo grafismo e na tecnologia LED para os faróis traseiros e dianteiros, com a função adaptativa como opcional.

Na dianteira, as entradas de ar foram revistas (nas versões Luxury e M-Sport), e na traseira o para-choques também é novo. Estão disponíveis duas novas cores exteriores (Snapper Rocks Blue e Sunset Orange) e um conjunto de jantes de 18 e 19 polegadas.

A NÃO PERDER: Primeiras imagens do BMW Série 5 Touring (G31)

No interior, as atenções recaíram principalmente sobre os acabamentos em madeira, alumínio ou preto brilhante. Outra das novidades é o sistema de navegação renovado, que inclui uma nova interface, mais simples e personalizável.

Mas não é só a nível estético que o novo BMW Série 4 ficou mais desportivo. De acordo com a marca, a suspensão ligeiramente mais rígida proporciona uma condução mais dinâmica sem prejuízo do conforto.

No que toca ao leque de motorizações, não há mudanças significativas a registar. Na oferta a gasolina, o novo Série 4 está disponível nas versões 420i, 430i e 440i (entre os 184 cv e 326 cv), enquanto que nos Diesel contam-se as versões 420d, 430d e 435d xDrive (entre os 190 cv e 313 cv). A versão BMW 418d (150 cv) é exclusiva da versão Gran Coupé.

O BMW Série 4 deverá chegar aos mercados europeus já este verão.

Todas as novidades do Salão de Genebra aqui

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos