Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Audi Sport diz não ao «drift mode»

O responsável máximo pelo desenvolvimento na Audi Sport descarta a opção «drift mode» nos próximos modelos da marca.

Depois da Ford ter trazido à ribalta o sistema apelidado de «drift mode», com o Focus RS, muitas outras marcas seguiram o mesmo caminho, incluindo a Ferrari, a McLaren ou até a Mercedes-AMG. Ao que parece, também a BMW – através do novo BMW M5 – vai facilitar a tarefa do condutor ver a estrada pelos vidros laterais ao possibilitar que o diferencial traseiro assuma uma afinação mais radical eletronicamente.

APRESENTAÇÃO: Audi SQ5. «Adeus» TDI, «olá» novo V6 TFSI

No caso da Audi, a marca dos anéis tem resistido à implementação do «drift mode» nas suas variantes desportivas e assim vai continuar. Em declarações à Motoring, o diretor de desenvolvimento da Audi Sport, Stephan Reil, não poderia ter sido mais claro:

“Não vai haver drift mode. Nem no R8, nem no RS 3, nem no RS 6, nem no RS 4. Não vejo motivo para estar a queimar os pneus de trás. A forma como pensamos os nossos carros é muito mais eficiente, e o drift nem se enquadra muito na arquitetura dos nossos carros”.

Ainda que os modelos desenvolvidos pela Audi Sport não tenham «drift mode», o próprio Stephan Reil admite que o mesmo resultado pode ser obtido ao desligar o sistema de controlo de estabilidade (ESP). Parece que a Audi também acha que “fazer drift não é marcar golo“.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias