Novo Toyota Prius Plug-in já tem preços para Portugal

Estamos em Barcelona para a apresentação internacional do novo Toyota Prius Plug-in. Nesta segunda geração, o modelo nipónico combina os atributos da versão full hybrid com um novo look, mais tecnologia e o dobro da autonomia em modo 100% elétrico.

Sejamos sinceros: é impossível falar de híbridos sem falar da Toyota. A marca nipónica chegou recentemente ao número redondo de 10 milhões de híbridos vendidos em todo o mundo, um feito que espelha bem a aposta que tem sido feita nas motorizações mais «amigas do ambiente». Desses 10 milhões, a família Prius foi responsável por quase 4 milhões de unidades vendidas. Como tal, a apresentação internacional do novo Toyota Prius Plug-in reveste-se de uma importância acrescida.

Hoje estamos ao volante do novo Toyota Prius Plug-in Hybrid | Já disponível a partir de 41.200 euros, em pré-venda | #toyota #toyotaprius #prius #plugin #hybrid #launch #barcelona #spain #razaoautomovel #portugal

A post shared by Razão Automóvel (@razaoautomovel) on

Quais as novidades?

Começando pelas alterações mais visíveis, mais do que uma simples evolução em relação ao modelo anterior, a Toyota quis tornar a nova geração do Prius Plug-in num modelo único por direito próprio, e apostou numa estética um pouco mais premium. Além da grelha dianteira bastante mais moderna, os para-choques e grupos óticos (à frente e atrás) foram também redesenhados.

O novo Prius Plug-In partilha a plataforma TNGA da Toyota com o modelo da quarta geração apresentado no ano passado e é 165 mm mais comprido, 15 mm mais largo e 20 mm mais baixo do que seu antecessor. A redução em altura do capot e na altura do spoiler traseiro realça ainda mais a nova silhueta e o baixo centro de gravidade.

No interior, destaque para os novos equipamentos e a disposição dos comandos mais organizada, sem esquecer os bancos em pele e o sistema de som JBL com 10 altifalantes (opcionais).

TESTE: Toyota C-HR 1.8 VVT-I Hybrid: o novo «diamante» nipónico

A nível tecnológico, o sistema de carregamento solar é uma das principais novidades. Sim, leram bem. Quando o Prius Plug-In está estacionado (não ligado à corrente), o teto solar carrega uma bateria que, uma vez totalmente carregada, fornece energia para a bateria híbrida principal. A Toyota garante que o carregamento solar pode aumentar a autonomia de condução 100 % elétrica do Prius Plug-in até um máximo de 5 km por dia o que, fazendo as contas, equivale a cerca de 1000 km de condução isenta de emissões ao longo de um ano.

Além disso, a marca nipónica estreia no novo Prius Plug-in uma bomba de calor de injeção de gás no ar condicionado. Este sistema permite aquecer o habitáculo sem que o motor de combustão entre em funcionamento, usando o calor absorvido do ar exterior. O mecanismo de injeção de gás garante o aquecimento no interior mesmo a baixas temperaturas.

No base do novo Prius Plug-In está a mais recente geração da tecnologia PHV da Toyota. A autonomia em modo 100% elétrico cresceu dos 25 km para os 50 km, e o grande culpado é a nova bateria de iões de lítio, localizada por baixo da bagageira.

Objetivo: reduzir as emissões de CO2 de toda a frota de modelos em 90% até 2050.

Se a autonomia aumentou para o dobro, por outro lado a performance também não foi esquecida. A potência elétrica é agora de 68 kW (melhoria de 83%) graças ao desenvolvimento de uma motorização com sistema de duplo motor elétrico. A nova embraiagem unidirecional dentro do transeixo permite utilizar o gerador do sistema híbrido como segundo motor elétrico. Resultado: a velocidade máxima em modo elétrico aumenta de 85 km/h para 135 km/h.

De acordo com a marca, tudo isto permite melhorar a aceleração e tornar a condução mais envolvente, ao mesmo tempo que reduz significativamente a frequência com que o motor a combustão é posto em funcionamento. Será? Não percam as nossas primeiras impressões ao volante do Prius Plug-in, brevemente aqui no nosso site.

Preços

O novo Toyota Prius Plug-in chega a Portugal em abril e vai estar disponível, em quatro versões, com os seguintes preços:

Luxury – 41.200€; Luxury + Opcional Pele – 42.800€; Luxury + Pele + Pack Techno – 44.800€; Power Sky – 43.200€. Pintura metalizada – 540€; Pintura metalizada especial – 810€.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos