O novo Lamborghini Urus e o possível regresso da marca à Fórmula 1

Há muito que se fala do possível regresso da Lamborghini à prova rainha do automobilismo mundial, mas para já, a marca italiana tem outras prioridades.

Desde 2015 que a marca italiana promete que o Lamborghini Urus quando for lançado, será o SUV mais rápido do planeta – sucedendo ao Bentley Bentayga (também do Grupo Volkswagen). Mas além dos elevados níveis de desempenho, a marca italiana prevê também um grande sucesso comercial. Quão grande? O suficiente para duplicar as vendas da Lamborghini em 2019, de acordo com fontes próximas da marca. Com a chegada deste modelo, poderão chegar também os recursos necessários para outros investimentos, nomeadamente na Fórmula 1.

Stefano Domenical, CEO da marca italiana, em declarações à Motoring disse que “o desporto motorizado faz parte da identidade da Lamborghini”, e não afasta uma possível entrada da marca na Fórmula 1,”porque não? É uma possibilidade”. Mas para já, “o investimento que é necessário para entrar na Fórmula 1, não só para estar presente mas também para lutar pela vitória, é algo acima das nossa possibilidades”.

Por isso a grande prioridade da marca no médio prazo é alargar a gama de modelos da marca, atualmete composta pelos superdesportivos Huracán e Aventador. Assim, em grande medida, o regresso da marca italiana ao «grande circo» do desporto motorizado dependerá do sucesso do Urus. Ainda que a última experiência da marca na Fórmula 1 não seja de boa memória…

APRESENTAÇÃO: Lamborghini Aventador S (LP 740-4): touro rejuvenescido

Fonte: Motoring

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias