Provavelmente, o mais belo Aston Martin Lagonda que já vimos

Um dos primeiros Aston Martin Lagonda produzidos pela marca britânica está agora à venda.

Sejamos sinceros: no capítulo do design, o Aston Martin Lagonda está longe de ter sido um modelo consensual. As formas pouco convencionais da carroçaria não agradaram a todos, mas esta unidade está com os níveis de «efeito uau!» no máximo.

Equipado com um motor V8 de 500 cv, na época não havia nenhum sedan mais rápido que este. Nem os alemães chegavam perto dos números deste Aston Martin. Velocidade máxima? Mais de 260 km/h. Algo notável para um automóvel com uma aerodinâmica rudimentar.

VEJAM TAMBÉM: Aston Martin ressuscita o histórico DB4 GT

Das quatro versões lançadas entre 1974 e 1990, a primeira – 1 Series – era aquela que mais se distanciava das restantes, particularmente a nível estético, não obstante ter sido a que mais passou despercebida. Por isso, não surpreende que esta seja um dos modelos mais raros da Aston Martin.

Este Aston Martin Lagonda (nas imagens) é um dos sete modelos produzidos pela marca em 1974, e esteve em exposição no Salão de Londres do mesmo ano.

aston-martin-lagonda-1

Baseado no DBS, o Lagonda de primeira geração estava equipado com um motor V8 de 5.3 litros com 380 cv de série. Graças a um pacote de potência que a marca apelida de X Pack, este Aston Martin Lagonda debita 500 cv de potência máxima.

À exceção do rádio, bancos aquecidos e um telefone Motorola discretamente escondido no banco traseiro, o Lagonda mantém todos os componentes originais. Entre 2002 e 2004 o carro foi sujeito a um restauro completo pela marca, e tem ficado aos cuidados da Aston Martin Works desde então. Agora, o Lagonda está à venda por um preço ainda por revelar. Podes visitar o anúncio aqui.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos