Mercedes-Benz

Classe X: a primeira pick-up da Mercedes-Benz? Nem por isso.

Desde o final da Segunda Guerra Mundial que a Mercedes-Benz tem vindo a namorar o segmento das pick-ups, mas o casamento só será verdadeiramente consumado em 2017.

Quando foi apresentada em Estocolmo, Suécia, a Mercedes-Benz Classe X foi descrita como a primeira pick-up da marca alemã, o que não é totalmente verdade. Desde o final da Segunda Guerra Mundial que a Mercedes-Benz tem vindo a alimentar a ideia de desenvolver uma carrinha de caixa aberta de produção em massa.

Tudo começou em 1946. Em pleno período pós-guerra e numa altura em que o país enfrentava uma crise de recursos, a Mercedes-Benz voltou a arrancar com a produção do 170 V (W136), um modelo fabricado entre 1936 e 1942 que chegou a ter uma versão cabrio. Dada a situação em que se encontrava a Alemanha, mais do que modelos de luxo, o país precisava de veículos de carga, ambulâncias, carros de polícia, etc. Por isso, a Mercedes-Benz lançou uma versão “pick-up” do seu 170 V (em baixo), equipada com um motor 1.7 de quatro cilindros e pouco mais de 30 cv de potência.

170-v-mercedes

O modelo continuou a ser produzido até 1955, mas dois anos antes, a Mercedes-Benz apresentou o Ponton (W120), um sedan que o veio a ser uma pick-up por mero acaso. Devido a problemas com a exportação e regras alfandegárias, muitas unidades chegavam ao destino com a carroçaria incompleta, como se pode ver em baixo, e por isso grande parte delas eram transformadas em carrinhas de caixa aberta.

ponton-w120

A NÃO PERDER: Volkswagen Passat GTE: um híbrido com 1114 km de autonomia

Com a nova geração de veículos W114 e W115 veio também uma outra pick-up da marca de Estugarda. Durante este período a Mercedes-Benz tinha por hábito entregar os vários componentes para o processo de montagem na América Latina, nomeadamente na Argentina. Acontece que um responsável da marca achou por bem pegar nestes componentes, dar-lhes uma volta de 180 graus e fazer com eles uma pick-up, que chegou a ser vendida no mercado sul-americano com o nome “La Pickup“. Pouco original, é verdade…

mercedes-benz-2

Em 1979 chegava a primeira geração do Mercedes-Benz Classe G. Bastante versátil e facilmente personalizável, o “G-Wagen” serviu tanto de veículo militar como de papa-mobile. E foi também uma interpretação moderna de uma pick-up premium (qb…) da marca.

mercedes-benz-classe-g

Com o lançamento da nova Classe X, previsto para o final do próximo ano, a Mercedes-Benz inaugura um novo capítulo na sua história, mas tal como os anteriores modelos, o objetivo continua a ser o mesmo: tentar misturar uma carroçaria utilitária e funcional com componentes premium.

Até agora, este tinha sido um esforço relativamente inglório, mas com a nova Classe X tudo promete mudar.

Mais artigos em Clássicos