Mustang GTT: Quando um Mustang se transforma num Ford GT

O Mustang GTT é a homenagem da preparadora «Zero to 60 Design» ao Ford GT. E o melhor? Vai mesmo ser produzido.

De entre as 6506 pessoas que efetuaram a candidatura para adquirir o novo Ford GT, apenas 500 terão direito a levar para casa o superdesportivo da marca oval. Terá sido a pensar nas restantes 6000 pessoas que a Zero to 60 Design, uma preparadora sediada na Califórnia, desenvolveu o GTT (Grand Turismo Tribute), um Ford Mustang modificado à imagem do Ford GT.

Para se assemelhar com o novo Ford GT, foram necessárias modificações drásticas nas carroçaria. À frente, os para-choques e entradas de ar foram completamente redesenhados e o capot alongado, com um par de extratores de ar. As saias laterais de maiores dimensões fazem a transição até à traseira, onde encontramos um difusor e uma asa de dimensões generosas.

Para finalizar, a preparadora optou por jantes HPE Performance de 22 polegadas, pneus Pirelli P-Zero, kit de travões Brembo  e suspensão Eibach Pro-Street-S.

Debaixo do capot, além do motor Coyote V8 de 5.0 litros de capacidade, a novidade é o compressor volumétrico da ProCharger (ver imagem em baixo). Resultado prático? A potência subiu para os 812 cv.

zero-to-60-design-mustang-ford-gt-3

VEJAM TAMBÉM: Audi propõe A4 2.0 TDI 150cv por 295€/mês

De acordo com a Zero to 60 Design, o GTT não é só fogo de vista. “Além de estar programado para um desempenho a todo o gás na competição, o GTT é também um carro de turismo confortável para uma viagem a Las Vegas”. Vamos acreditar que sim…

Este Ford Mustang vai estar em exibição no SEMA Show 2016 – um certame norte-americano dedicado ao after market – e de acordo com a preparadora californiana, vai mesmo avançar para a produção. O modelo final deverá estar disponível nos concessionários locais, a um preço ainda por definir. Quem não se contentar com esta proposta da Zero to 60 Design poderá sempre esperar até 2018, altura em que a Ford Performance pretende reabrir as candidaturas online para os interessados no superdesportivo da marca.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter