Próximo BMW i8 poderá ser 100% elétrico

A segunda geração do desportivo germânico promete um incremento de potência significativo e performances de cortar a respiração.

Se dúvidas houvesse sobre o futuro da BMW, tudo indica que a eletrificação dos seus veículos estará no topo das prioridades dos engenheiros da marca de Munique. Quem o diz é Georg Kacher, fonte próxima da marca, garantindo que a eletrificação poderá começar já pelo porta-estandarte da gama i, o híbrido BMW i8.

A atual versão do desportivo alemão está equipada com um bloco 1.5 TwinPower Turbo de 3 cilindros com 231 cv e 320 Nm, que se faz acompanhar por uma unidade elétrica de 131 cv. No total, são 362 cv de potência combinada, que permitem acelerações dos 0 aos 100 km/h em 4.4 segundos e 250 km/h de velocidade máxima, enquanto os consumos anunciados ficam-se pelos 2.1 litros a cada 100 km.

A NÃO PERDER: BMW USA «arrasa» a Tesla em grande estilo em novo anúncio

Nesta nova geração, a motorização híbrida será substituída por três motores elétricos com um total de 750 cv de potência às quatro rodas. Graças a um conjunto de baterias lítio de maior capacidade, tudo indica que o modelo alemão terá mais de 480 quilómetros de autonomia. O lançamento do BMW i8 não deverá acontecer antes de 2022, tal como a chegada do novo BMW i3. Antes disso, os últimos rumores dão como possível a apresentação de um novo modelo da gama i – que pode ser batizado de i5 ou i6 – já com uma tecnologia de condução autónoma.

Fonte: Automobile Magazine

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter