Atmosférico e manual. O Ferrari 360 Modena é um autêntico êxtase.

O italiano Davide Cironi teve a oportunidade de conduzir um dos últimos modelos da casa de Maranello com caixa manual de configuração em “H” e selector cromado. Um dia bem passado não achas?

Produzido entre 1999 e 2005, o Ferrari 360 foi o substituto natural do Ferrari F355. A primeira versão, apelidada de Modena (terra natal de Enzo Ferrari), era alimentada por um bloco V8 de 3.6 litros, capaz de debitar 400cv de potência. Para ajudar “à festa”, o desportivo italiano estava equipado com uma caixa manual de seis velocidades e permitia velocidades máximas de 300 km/h, já o sprint dos 0 aos 100 km/h cumpria-se em apenas 4.2 segundos. Puro prazer de condução.

VEJAM TAMBÉM: A História dos logótipos: Ferrari

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter