Pagani Huayra BC testado no gelo do Ártico

A equipa responsável pela produção do Pagani Huayra BC quis provar que este é um desportivo capaz de enfrentar todas as estações do ano.

Quem disse que os superdesportivos foram construídos apenas para o asfalto? A Pagani quis provar a eficiência do sistema eletrónico de estabilidade e o ABS – concebidos pela Bosch –  do novo Huayra BC, o mais potente e avançado de sempre e para tal, levou-o para um test drive no pavimento gelado das imediações do Ártico.

RELACIONADO: Pagani Huayra Pearl: a nova pérola da marca italiana

A Mercedes-AMG ficou encarregue da potência do novo super desportivo, que recebeu o mesmo motor V12 twin-turbo de 6 litros com um total de 789cv (mais 59cv que o seu Pagani Huyara “normal”) e 1100Nm de binário enviados para o eixo traseiro, graças à nova caixa automática Xtrac de sete velocidades.

A NÃO PERDER: Pagani Huayra Roadster na passerelle de Pebble Beach

A produção do Pagani Huayra BC será restrita a 20 unidades, relembrando e homenageando Benny Caiola, um amigo próximo de Horacio Pagani e o seu primeiro cliente. As duas dezenas de exemplares já se encontram esgotadas, apesar de custarem a módica quantia de 2.35 milhões de euros cada uma.

Fica com o vídeo:

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos