Logótipo

A História dos Logótipos: Toyota

De Toyoda a Toyota. Da indústria têxtil à indústria automóvel. Um logótipo e muitas argolas.

Tal como muitos outros fabricantes da indústria automóvel, a Toyota não começou por produzir carros. A história da marca nipónica remonta a meados da década de 20, altura em que Sakichi Toyoda desenvolveu uma série de teares automáticos, bastante avançados para a época.

Após a sua morte, a marca abandonou a indústria têxtil e agarrou com unhas e dentes a produção de veículos automóveis (inspirada naquilo que se fazia no velho continente), que ficou a cargo do filho, Kiichiro Toyoda.

Em 1936, a empresa – que vendia os seus veículos com o nome de família Toyoda (com o símbolo em baixo, à esquerda) – lançou um concurso público para a criação do novo logótipo. De entre as mais de 27 mil participações, o desenho escolhido acabou por ser os três caracteres japoneses (em baixo, ao centro) que juntos traduziam “Toyota“. A marca optou por trocar o “D” pelo “T” no nome porque, ao contrario do nome de família, este apenas precisava de oito pinceladas para ser escrito – o que corresponde ao número da sorte japonês – e era visual e foneticamente mais simples.

VEJAM TAMBÉM: O primeiro carro da Toyota era uma cópia!

Um ano depois, e já com o primeiro modelo – Toyota AA – a circular nas estradas japonesas, foi fundada a Toyota Motor Company.

Toyota_Logo
Já nos anos 80, a Toyota começou a aperceber-se que o seu logótipo era pouco atrativo para os mercados internacionais, o que fez com que a marca passasse a usar com frequência o nome “Toyota” em vez das tradicionais insígnias. Como tal, em 1989, a Toyota lançou um novo logótipo, que consistia em duas ovais perpendiculares e sobrepostas dentro de uma argola maior. Cada uma destas formas geométricas recebeu diferentes contornos e espessuras, semelhante à arte “brush” proveniente da cultura japonesa.

Inicialmente, pensava-se que este símbolo era apenas um embrenhado de argolas sem valor histórico, escolhido democraticamente pela marca e cujo valor simbólico ficava à imaginação de cada um. Mais tarde, chegou-se à conclusão que as duas ovais perpendiculares dentro da argola maior representavam dois corações – o do cliente e o da empresa – e a oval exterior simbolizava “o mundo a abraçar a Toyota”.

toyotaContudo, o logótipo da Toyota esconde um significado mais lógico e plausível. Como podem ver na imagem em cima, cada uma das seis letras do nome da marca estão desenhadas de forma subtil no símbolo através das argolas. Mais recentemente, o logótipo da Toyota foi considerado pelo jornal britânico The Independent como um dos mais “bem desenhados”.

Queres saber mais sobre os logótipos de outras marcas?

Clica nos nomes das seguintes marcas: BMW, Rolls-Royce, Alfa Romeo, Peugeot. Encontra aqui na Razão Automóvel uma «história dos logótipos» todas as semanas.

Mais artigos em Clássicos

Os mais vistos