Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Mercedes-Benz SLK: o transformista faz 20 anos

O Mercedes-Benz SLK está de parabéns! Passaram 20 anos desde que a marca alemã lançou o roadster da capota metálica.

Foi precisamente há 20 anos que a «marca da estrela» agitou o Salão de Turim ao lançar o Mercedes-Benz SLK. Um modelo pensado para posicionar-se abaixo do Mercedes-Benz SL, que assentava na plataforma do Mercedes-Benz Classe C e que era dono de um design muito bem conseguido.

Mas acima de tudo, aquilo que fez a diferença no lançamento do Mercedes-Benz SLK foi a solução encontrada para a capota, um sistema que a marca alemã baptizou de Vario e que consiste (até à geração atual) num hard top retrátil que combina a robustez de um hard top convencional com a funcionalidade de um tejadilho em lona. Em poucos segundos o SLK podia transitar de uma configuração coupé para uma configuração roadster – o melhor de dois mundos?

A NÃO PERDER: Mercedes-Benz SLC, conheçam todas as motorizações disponíveis

No que toca a motorizações, aquando do lançamento estavam disponíveis duas versões: um 2.0 litros atmosférico de 136cv (SLK 200) e um 2.3 litros sobrealimentado por um compressor volumétrico (SLK 230 Kompressor), capaz de desenvolver 193cv – potências que há 20 anos atrás asseguravam performances dignas de nota.

MERCEDES SLK 1

O ano de 2000 deu lugar a um facelift e com ele chegou a versão SLK 320 com 218cv – a primeira versão com um bloco de seis cilindros. Um pouco mais tarde (2001), chegou a derradeira versão desportiva com assinatura AMG: o SLK 32 AMG, também equipado com um motor 3.2 litros V6 mas com 354cv de potência e 450 Nm de binário máximo. Ao todo, as vendas das três gerações do SLK ultrapassaram as 670 mil unidades, sendo que só a primeira geração foi responsável por mais de 311.000 unidades.

RELACIONADO: Mercedes SLK 250 CDI: o roadster das quatro estações

No final do ano passado, a marca decidiu substituir o nome SLK por SLC, aproximando assim o modelo das várias denominações usadas na restante gama.

Parabéns pelos teus 20 anos SLK!

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias