Desporto Motorizado

Roborace é a competição do futuro com veículos 100% autónomos

Em breve poderemos ver carros autónomos a competir em circuito a 300 km/h por hora. A Roborace será a primeira competição automóvel com veículos sem condutor.

Para os petrolheads que pensavam que a Fórmula E já era ousada o suficiente, eis que surge a Roborace, uma competição que promete revolucionar o desporto automóvel. Na base desta nova categoria estão os carros autónomos e com motorização elétrica, desenvolvidos especificamente para esta competição.

O novo veículo desvendado pela Roborace foi desenhado por Daniel Simon, onde não podia faltar o aspecto futurista – parece saído de um filme de ficção científica – e as preocupações com a aerodinâmica. “O objectivo foi criar um veículo que tirasse vantagem do facto pouco comum de não haver piloto mas sem comprometer a beleza do carro”, referiu Daniel Simon. Os detalhes sobre o novo modelo ainda não foram revelados, mas segundo a marca conseguirá atingir velocidades de 300 km/h.

Quanto à competição propriamente dita, será composta por 10 equipas, cada uma com 2 veículos, todos rigorosamente iguais. Mas desengane-se quem pensa que o factor humano foi abolido por completo. Cada equipa terá de desenvolver o seu próprio piloto, ou seja, a sua própria tecnologia de inteligência artificial, de forma optimizar a performance do carro e completar o circuito no menor tempo possível – uma autêntica “batalha de algoritmos”.

Roborace
A NÃO PERDER: McLaren apresenta Fórmula 1 do futuro

Os veículos utilizados serão capazes de interagir entre si de forma a evitar acidentes, graças a múltiplos sensores em volta do carro. Ao que parece, alguns dos engenheiros envolvidos na Roborace estarão também a trabalhar na aplicação das mesmas tecnologias para os veículos de produção.

“É uma mistura entre jogos de computador, desporto motorizado, tecnologia e entretenimento, tudo num só. Eu acredito firmemente que o futuro dos carros passará essencialmente pelo software, e a Roborace vai ajudar a fazer com que isso se torne realidade.”

Denis Sverdlov, diretor executivo da Roborace

A Roborace vai adoptar a mesma estrutura da Fórmula E, e como tal, cada corrida – com uma duração a rondar os 60 minutos – irá ocorrer à margem das provas integradas no campeonato mundial de monolugares elétricos.

O calendário para a temporada 2016/2017 inclui corridas em Long Beach (EUA), Cidade do México (México), Buenos Aires (Argentina), Punta Del Este (Uruguai), Londres (Inglaterra), Paris (França), Berlim (Alemanha), Moscovo (Rússia), Pequim (China) e Putrajaya (Malásia). A Roborace deverá começar ainda este ano ou no início de 2017.

VEJAM TAMBÉM: Audi organiza 2ª edição do campeonato para carros autónomos à escala 1:8

Mais artigos em Notícias