Novo Renault Scénic: quem o viu em quem o vê…

O Salão de Genebra foi palco da apresentação do novo Renault Scénic, um modelo que pretende ser uma interpretação moderna do conceito de monovolume compacto.

Tal como esperado a 4ª geração do Renault Scénic adopta as linhas dinâmicas do R-Space Concept, apresentado em 2011 neste mesmo salão e herdando deste a sua postura mais robusta.

Quanto a novidades, em boa verdade é (quase) tudo novo. O Scénic oferece um pára-brisas tríptico que melhora a visão panorâmica, uma carroçaria mais elevada em relação ao solo, jantes de maiores dimensões (20 polegadas de origem), vias dianteiras e traseiras alargadas e, como não podia faltar, a assinatura luminosa com os faróis em forma de C que fazem parte da nova linguagem estilística da marca.

Renault Scenic (6)

RELACIONADO: Acompanha o Salão de Genebra com a Razão Automóvel

A gama de motorizações inclui os motores diesel 1.5 e 1.6 dCi (com potências entre os 95 e os 160 cv), já a oferta de motores a gasolina inclui dois motores TCe de 115 e 130 cv respetivamente.

Além destes, a marca francesa vai disponibilizar uma versão do Scénic equipada com o sistema Hybrid Assist em associação com um motor DCi de 110cv – este sistema aproveita a energia desperdiçada nas desacelerações e travagens para carregar uma bateria de 48 volts, essa energia é posteriormente usada para auxiliar o funcionamento do motor de combustão.

Entre o equipamento extra disponível destacam-se as tecnologias 4CONTROL e MULTI-SENSE. Esta última permite ao condutor personalizar a sensibilidade do acelerador, ajustar o tempo de resposta do motor, da caixa de velocidades e controlar a firmeza do volante, entre outras opções. O novo Renault Scénic tem chegada prevista ao mercado nacional no 2º semestre do ano.

Renault Scenic (4)

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos