BMW M760Li xDrive: o Série 7 mais potente de sempre

A marca de Munique ganhou coragem e vai levar até Genebra o Série 7 mais potente de sempre, o BMW M760Li XDrive.

Pensámos que a BMW não ia ter a ousadia de lançar uma versão de alta performance do BMW Série 7. Em boa verdade não foi totalmente ousada, porque este novo modelo não é um verdadeiro M7 – trata-se da versão limousine (Li) e por conseguinte seria algo rebuscado chamar-lhe M7. Mas em termos de performance é quase “ela por ela”, além do mais é o primeiro modelo bávaro deste segmento a receber a inicial M Performance.

Quanto ao motor, encontramos uma unidade 6.6 litros twin-turbo V12 capaz de debitar 600cv (@5.500 rpm) e 800 Nm de binário máximo disponível logo às 1.500rpm. Estes números permitem ao BMW M760Li XDrive ser um verdadeiro sprinter:  0-100km/h em apenas 3.9 segundos. Quanto à velocidade máxima, infelizmente, foi limitada eletronicamente aos 250km/h.

RELACIONADO: Qual é o BMW M3 com melhor ronco?

Um importante aliado desta potência colossal é o sistema de tração integral (xDrive) que surge acoplado a uma caixa automática de dupla embraiagem com 8 velocidades e patilhas no volante (sem opcional de caixa manual). Para que o débito de potência seja efectivo, encontramos jantes de 20″ equipadas com uns pegajosos pneus Michelin Pilot Super Sports.

Este BMW M760Li XDrive apenas peca por não ter sofrido nenhum decréscimo de peso. Afinal, não estamos perante um M7 e a própria marca quer que os seus clientes estejam cientes disso. Ainda assim, para auxiliar no handling deste luxuoso modelo a marca alemã incluiu uma suspensão desportiva e continua a oferecer o sistema Active Comfort Drive e Road Preview, tal como encontramos no atual Série 7. No habitáculo do BMW M760Li, o design e orientação dos comandos é similar aos que encontramos nos restantes modelos M.

A NÃO PERDER: A história do BMW M3 (c/ vídeo)

O novo executivo (ou desportivo) BMW M760Li marcará presença no Salão de Genebra que irá decorrer de 3 a 13 de março deste ano.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter