Raio-X com tinta e pincel a 12 modelos históricos

Alguns dos modelos mais icónicos de sempre foram sujeitos a um raio-x. Por baixo das suas belas carroçarias, escondem-se detalhes apaixonantes. It’s all about the details.

Tempo e habilidade, é a receita para conseguir desenhar um carro como se uma fotografia se tratasse. Até aqui, nada de “especial”. Então e desenhar o que os 12 carros mais icónicos de sempre escondem por baixo da sua pele metálica, até ao mais ínfimo pormenor?

A NÃO PERDER: Audi quattro Offroad Experience pelas planícies alentejanas

Parece uma tarefa impossível para um comum mortal, mas não para os artistas especializados em desenho automóvel.

Porsche 935/78 “Moby Dick” por Shin Yoshikawa

2

Maserati Birdcage Tipo 60/61 por Makoto Ouchi

Carros icónicos 2

Aston-Martin DBR4-250 por Clarence LaTourette

Carros icónicos 3

Lotus Type 63 por Bruno Betti

Carros icónicos 4

1963 Brabham BT3 por Gordon Bruce

Carros icónicos 5

Porsche 906 Carrera 6 por Takashi Jufuku

Carros icónicos 6

Peugeot 205 Turbo T16 por E.T.A.I. France

Carros icónicos 7

Toyota 2000 GT por Shin Yoshikawa

1

Alfa Romeo Giulietta Sprint Spider por Clarence LaTourette

Carros icónicos 9

Lancia Delta HF Integrale Evo 1 por Giulio Betti

Carros icónicos 10

Ford GT40 Mk. IV por James Allington

Carros icónicos 11

Land Rover Series I por Giulio Betti

Carros icónicos 12

NOTA DO EDITOR: Hoje, dia 8 de Novembro, celebra-se o Dia Mundial da Radiologia, dia em que se descobriram os raios X. Uma descoberta do físico alemão Wilhelm Conrad Roentgen, corria o ano de 1895. Neste dia internacional da Radiologia os nossos agradecimentos a todos os radiologistas do mundo, pelo trabalho efetuado.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Clássicos