Recall aos modelos afetados pelo Dieselgate já em janeiro

Em janeiro do próximo ano, o Grupo Volkswagen vai começar a chamar aos concessionários os carros afectados pelo escândalo Dieselgate.

Matthias Mueller, o novo CEO do Grupo Volkswagen, em declarações ao jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung informou que a marca pretende dar início ao programa de recall dos veículos afectados pelo escândalo Dieselgate já em janeiro, numa ação deverá decorrer até ao final de 2016.  Ao todo, são mais de 8 milhões de viaturas afectadas só na Europa, das marcas Audi, Volkswagen, Skoda e Seat. Os modelos equipados com as motorizações 1.2 TDI, 1.6 TDI e 2.0 TDI vão receber uma atualização de software, e em alguns casos novos componentes mecânicos, nomeadamente injetores e catalizador.

Desde terça-feira que os clientes portugueses da Volkswagen podem saber se o seu carro vai ou não ser chamado às oficinas da marca após a SIVA, representante em Portugal das marcas Volkswagen, Audi e Skoda, ter colocado à disposição dos proprietários uma aplicação na sua página de internet que, através do número de série do quadro, diz se o automóvel está ou não afetado.

Fonte: Frankfurter Allgemeine Zeitung via Motor1

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias