Ao volante

Hyundai Santa Fé: o primeiro contacto

O novo Hyundai Santa Fé é a grande aposta do gigante coreano no segmento dos SUV de 7 lugares.

Em Lisboa

O novo Hyundai Santa Fé é um dos modelos mais importantes para a marca coreana, ou não fosse ele um dos modelos da marca mais reconhecidos e acarinhados pelos consumidores europeus. Nesta nova geração, o Santa Fé destaca-se pela sua imagem renovada, pelas tecnologias de segurança ativa e pelas diversas melhorias ao nível do conforto e requinte a bordo.

No mercado nacional, surge somente equipado com o voluntarioso motor 2.2 CRDI de 200 cv e 440 Nm de binário máximo, associado a uma caixa manual de seis velocidades. Em estrada os 200 cv do motor 2.2 CRDI chegam e sobram para as encomendas, providenciando ultrapassagens seguras e acelerações vigorosas. Opcionalmente, o novo Hyundai Santa Fé poderá contar com um caixa automática de seis velocidades. Os consumos anunciados ficam-se pelos 5,7 litros aos 100 km e emissões de CO2 de 149 g/km.

O design é marcado pelo aspeto robusto dos novos para-choques, luzes de nevoeiro, luzes de circulação diurna em LED e grelha hexagonal cromada – transversal a todos os modelos Hyundai.

No interior, o Hyundai Santa Fé apresenta-se mais cuidado que nunca. Os materiais são na sua maioria de boa qualidade e a montagem não apresenta falhas dignas desse nome – os responsáveis querem aproximar a Hyundai das referências do segmento premium. Destaque ainda para o sistema de navegação e entretenimento AVN 2.0 da marca, que combina o rádio digital com DAB e o som Infinity Premium, fornecendo uma experiência sonora de qualidade.

Ao volante, a sensação geral é de solidez e a suspensão lida bem com as dimensões do conjunto, privilegiando claramente o conforto a bordo. O espaço na segunda fila é abundante, permitindo a três adultos conviver sem qualquer falta de espaço durante largos quilómetros. Já para os ocupantes da terceira fila com mais de 1,70m de altura não aconselhamos viagens muito demoradas, o espaço é acanhado e o acesso algo difícil.
Hyundai Santa Fé 2015
Já em termos de segurança, nas versões mais equipadas o Hyundai surge com uma lista de equipamentos extensa, da qual destacamos o sistemas de travagem de emergência autónoma (permite minimizar ou evitar colisões através do radar e sensores da câmara), o assistente à saída da faixa de rodagem, a câmara de ângulo Morto (BSD), o alerta de trânsito na traseira do veículo (reduz o risco de colisão durante a marcha-atrás graças a um radar de 180 graus), cruise control ativo e máximos de acendimento automático.

Além dos habituais 5 anos de garantia sem limite de km, 5 anos de Assistência em viagem e 5 anos de check ups anuais, a Hyundai oferece ainda 5 anos de manutenção programada (cinco anos ou 100 mil km). O novo Santa Fé será também taxado com a Classe 1 nas portagens, desde que associado ao sistema Via Verde. Um conjunto de argumentos que a marca espera que façam do novo Santa Fé um caso de sucesso em Portugal.

Hyundai Santa Fé 2015

Conhece a tabela de preços de todas as versões aqui.

Mais artigos em Testes, Primeiro Contacto