Piloto

Ayrton Senna: o incomparável!

Recordar Ayrton Senna é recordar aquele que para muitos é o melhor piloto de todos os tempos. E recordá-lo é fazer um favor a nós mesmos, tantos foram os bons momentos que ele nos proporcionou.

De tempos a tempos, surgem alguns desportistas (não muitos…) que são maiores que a sua própria modalidade. Estes desportistas são raros, muito raros. Tão raros que é impossível não se destacarem dos «outros», seja pelos seus feitos, pela sua postura, ou por estes dois fatores em conjunto.

Ayrton Senna era um desses desportistas. Ayrton Senna era maior que a Fórmula 1, e o seu nome ainda hoje continua a ecoar para lá dos muros dos autódromos, das boxes e dos limites do desporto motorizado. Rápido, dedicado, talentoso, místico, combativo, Ayrton Senna era assim. E era também controverso, o piloto brasileiro era muito controverso. Principalmente junto dos «políticos» do circo da Fórmula 1.

Façam um pequeno teste. Perguntem aleatoriamente a alguém, se sabe quem é Sebastian Vettel? A resposta poderá ser um “sei”, ou um “não sei”. Mas quando mencionam o nome Ayrton Senna, todos sabem! Até a vossa avó sabe quem foi Ayrton Senna. Duvidam? Perguntem.

RELACIONADO: A primeira vitória do Rei foi no Circuito do Estoril
Ayrton Senna e Honda NSX

 

Senna foi talvez o piloto mais mediático de sempre. As vendas de bandeiras com o seu rosto rivalizavam com a venda de bandeiras de clubes de futebol. Isto diz muito não diz?

RELACIONADO: Ayrton Senna e Honda NSX: uma homenagem a duas glórias

O mundo perdeu sem dúvida um grande piloto mas acima de tudo, um grande homem. Passados vários anos depois da sua fatídica morte em Ímola, a fundação Senna continua a lutar contra a pobreza no Brasil. Num legado que continua a crescer fora das pistas que o notabilizaram.

Venceu o seu primeiro Grande Prémio de Fórmula 1 no exigente Circuito do Estoril, uma das razões pelas quais nós portugueses o mantemos bem vivo na memória. País onde aliás, Senna mantinha uma casa de férias. Muito obrigado campeão!

“Relembremos apenas os bons momentos” – Ayrton Senna

ayrton senna palmarés

 

Mais artigos em Clássicos