Renault Espace: o pai dos MPV faz 30 anos

Foi em 1984 que a Renault em parceria com a Matra, lançou um modelo que iria inaugurar o segmento dos monovolumes: o Renault Espace.

Apesar de muitos citarem o Chrysler Voyager como o «pai» dos monovolumes – ou MPV (veiculo de múltiplos propósitos), designação também utilizada para descrever os monovolumes, a verdade é que esse título parental pertence ao Renault Espace. Lançado no já longínquo ano de 1984, o Renalt Espace celebra agora três década de existência. Um modelo que nasceu do esforço conjunto entre a Renault e a Matra – marca entretanto extinta e que foi na verdade a responsável por todo o conceito.

todas as gerações renault espace

A Matra levou seis anos a desenvolver o conceito de monovolume, um automóvel que ao contrário dos seus congéneres, era pensado de dentro para fora, numa lógica de maximização do espaço interior.
Volvidos alguns anos após o início dos estudos, o projeto viria a ser apresentado em primeiro lugar à Peugeot, mas a marca do Grupo PSA recusou comercializar aquele conceito. Achou a ideia interessante mas demasiado futurista. Acabou por ser a Renault a olhar com bons olhos para o conceito desenvolvido pela Matra, e em boa hora o fez!

Mas ainda houve lugar para dúvidas. Ao fim de um mês de comercialização apenas 9 unidades do Renault Espace tinham sido vendidas. Na administração da Renault já havia membros a coçar a cabeça “e agora, o que é que fazemos com este caixote?”.

MK1-Renault-Espace-1980s

Até que nas apresentações à imprensa, alguém teve a feliz ideia de distribuir apenas um Renault Espace por cada quatro jornalistas e, para além disso, trocar as refeições nos luxuosos hotéis por lanches no interior do Espace. Et voilá! Como que por magia, de repente todo aquele conceito passou a fazer sentido, primeiro na cabeça dos jornalistas e depois, na cabeça dos consumidores. O espaço, a versatilidade e toda a modularidade interior eram agora qualidades apreciadas por todos.

Sete anos depois já tinham sido vendidas 200.000 unidades do espaçoso e prático modelo francês. Quem agora coçava a cabeça era a administração da Peugeot…o resto é história. Ao todo já se contam quatro geração deste espaçoso e prático monovolume francês, esperando-se a apresentação da quinta geração em 2015. Ao longo destes 30 anos houve até tempo para celebrar o sucesso do modelo equipando este vagaroso familiar com um motor de Fómula 1.

Fiquem com este documentário em duas partes, sobre a história do «pai dos monovolumes» e com a primeira apresentação do modelo:

Apresentação da 1ª geração do Renault Espace

Mais artigos em Notícias