Ferrari LaFerrari: Encomendas superam as unidades produzidas

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Ferrari LaFerrari: Encomendas superam as unidades produzidas

Haja dinheiro. Ferrari esgota a produção do LaFerrari menos de uma semana depois da sua apresentação.

Todos os amantes de automóveis já verbalizaram pelo menos uma vez a expressão “se me saísse o Euromilhões comprava um destes”. Pois… mas há coisas que o dinheiro não pode comprar. Uma é saúde, a outra é o Ferrari LaFerrari. Quer dizer… poder até pode, mas não é condição única.

Sucede que as 499 unidades que a marca italiana prevê construir do novíssimo, rapidíssimo e caríssimo(…) Ferrari LaFerrari já estão esgotadas. Ou deverei dizer, esgotadíssimas? Ainda o Salão de Genebra não encerrou portas e a Ferrari já anúncio que tem em cima da mesa mais de 1000 propostas para aquisição do Ferrari LaFerrari.

ferrari laferrari

O processo de aquisição como já dissemos, não depende apenas da disponibilidade monetária do interessado. Depende também do seu historial com a marca, entre outros tantos requisitos que desconhecemos, mas são eles que vão decidir quem consegue e quem não consegue adquirir aquele que é considerado «o Ferrari dos Ferraris».

No entanto, vamos especular sobre os tais «requisitos desconhecidos»:

1- É tirado à sorte. Quem tiver sorte sorte de ser escolhido compra-o, quem não tiver… vai afogar as mágoas num Mclaren P1. Vidas difíceis portanto… silêncio por esses coitados.

2- Faz-se chantagem. Os 499 clientes que melhor chantagearem os responsáveis da Ferrari ficam com um carro. Entre as opções raptar a família é uma das mais fortes. Um dos Engenheiros da Ferrari confidencio-nos em Genebra que garante um Ferrari LaFerrari a quem lhe raptar a sogra. Portanto… está aberta a caça às bruxas. Perdão, sogras!

3- Acampamento em Maranello. É uma técnica muito usada por jovens adolescentes em concertos. Dias antes de um concerto, pernoitam à frente do local para garantirem um lugar na primeira fila. Aqui o lugar na primeira fila é obviamente um lugar no banco do condutor do LaFerrari. Façam-se acompanhar de um cofre, pernoitar com 1.3 milhões de Euros no bolso não é seguro em parte nenhuma do mundo.

4- Suborna-se os tipos. Não façam cara de ofendidos… estamos a falar de Italianos, gente conhecida por ser mafiosa. Centenas de filmes de Hollywood não pode estar errados! Capiche?!

5- Chorem até à exaustão. Toda a gente sabe que se há coisa que enternece até o mais duro dos corações coração é um cachorrinho abandonado ou um multimilionário desgostoso. Mais a segunda que a primeira, sem dúvida. Portanto chorem desalmadamente como se não houvesse amanhã. Contem aos tipos da Ferrari como é difícil ter 1.3 milhões de Euros na carteira e não os conseguir gastar. Vai tocar-lhes no coração, apostam?

6- Digam que vão da nossa parte. Esta é a hipótese que mais joga a vosso favor. Não é novidade para ninguém que nós aqui no RazãoAutomóvel já mexemos uns quantos «cordelinhos» na industria automóvel. Digam que vão da minha parte, Guilherme Costa do RazãoAutomóvel e pode ser que ainda vos façam um desconto ou ofereçam as jantes especiais. É quase garantido!

6- Podem deixar mais sugestões. Caso já algum dos nossos estimados leitores já tenha conseguido adquirir um exclusivo da casa de Maranello, passe pelo nosso Facebook e conte-nos como foi. Clicar aqui.

Se só agora chegou ao planeta terra, esteve em coma, ou esteve preso no transito durante os últimos dias e desconhece por completo carro de que estamos a falar, o Ferrari LaFerrari, poderá então saber tudo sobre este hiper-desportivo aqui.

Texto: Guilherme Ferreira da Costa

Mais artigos em Notícias