Vantage SP10 disponível com caixa manual, obrigado Aston Martin

A hegemonia das caixas de dupla-embraiagem na marca Inglesa foi quebrada pela lançamento do Aston Martin Vantage SP10 com caixa manual.

Acelarar, embraiar, engrenar a mudança, desembraiar e acelerar novamente. Foi assim durante anos e anos a fio. Depois chegaram as caixas automáticas capazes de acompanhar o «ritmo de corrida» dos automóveis desportivos e por fim as caixas de dupla-embraiagem. Com elas vieram também algumas promessas bastante tentadoras: menos emissões, consumos mais baixo, acelerações mais fortes e tempos mais lestos em pista. O mundo rendeu-se aos encantes destas duas novas soluções e aos poucos e poucos, as fieis caixas manuais foram desaparecendo.

Aston-Martin-SP10-4[2]

Mas há um fiel grupo de condutores que continua a sentir falta do “acelarar, embraiar, engrenar a mundança, desembraiar e acelerar novamente”, porque acha o “acelarar e carregar num botão e continuar a acelarar” monótono e pouco desafiante. Para esse grupo, esse restrito grupo de condutores a Aston Martin lançou o novo Vantage SP10 com a opção de vir equipado com caixa manual.

São assim 430cv de potência providenciados por um V8 atmosférico cheio de «pedigree», geridos e entregues ao eixo traseiro por intermédio de uma «velha» e fiel caixa manual. Isto soa tão bem! Parece que em ano de centenário é a Aston Martin que comemora mas somos nós os premiados. Longa vida à caixa manual!

Texto: Guilherme Ferreira da Costa

Os mais vistos