Australianos quebram recorde do maior burnout em simultâneo de sempre

No passado dia 4 de janeiro, 70 «malucos», sem nada para fazer, decidiram quebrar um dos recordes do guinness mais poluentes de sempre.

O objetivo era simples, fazer burnout com o maior número de carros possíveis. O antigo recorde de 50 carros foi agora quebrado com a determinação (e uma pitada de loucura) de um grupo de australianos que conseguiu juntar 70 carros de tração traseira para realizar o espetáculo. No entanto, um dos carros morreu engasgado a meio do burnout e apenas foram contabilizados 69 carros. Mas o que interessa é que no final foram mais de 30.000 cv em ação e 138 pneus traseiros queimados…

Os 10.000 espectadores que assistiram a este festival de borracha queimada foram brindados com 15 segundos de uma nuvem carregada de poluição super «agradavel», ora vejam:

Texto: Tiago Luís