Hennessey reclama o título de “4 lugares mais rápido do mundo”… 1226cv chega?!

Jonh Hennessey é um americano que gosta de desafiar os poder instalado. BMW M6? Mercedes SL AMG? Para ele são carros demasiado “domésticos”… ele gostam é de bestas devoradoras de gasolina! 

A Hennessey é uma pequena empresa de preparação automóvel que gosta de provocar a industria automóvel. A Bugatti lançou Veyron e disse “Voilá! Este é o carro mais rápido do mundo”, a Henessey lançou o Venon e disse “Bugatti, please KISS MY ASS!” – Podem ver toda a história aqui.

Portanto já estão a ver a matéria de que aquela malta é feita. Pedir ao Jonh Hennessey, fundador da marca, para ser comedido nas palavras ou nas acções é como pedir a um Viking para ter boas maneiras à mesa, ou arrotar e pedir perdão.E isto leva-nos até ao mais recente devaneio da Hennessey: Tentar produzir o carro de quatro lugares mais potente do mundo. E conseguiu! Se acham que foi preciso um grande exercício de engenharia, estão enganados. Nem por isso. Pegaram num “modesto” Cadilac CTS-V, equipado com um motor de 6200cc e mandaram esse motor dar uma volta ao “bilhar grande”. Que é como quem diz, substituíram-no por um de maior capacidade.

E quando falo de maior capacidade falo de um motor V8 com 7000cc. Por esta altura uma pessoa normal, arrumava as ferramentas e dizia “ok, isto deve chegar”. Na Hennessey a filosofia é outra… é esmifranço absoluto! Portanto foram às compras e para além do gigantesco V8, acrescentaram-lhe dois turbos. Resultado? São 1226cv de potência à cambota, ou 1066cv à roda! O equivalente a ter um motor de um Nissan GT-R dedicado a cada roda motriz. Velocidade máxima? Quase 400km/h, e os 0-100km/h cumpridos em menos de 3 segundos. 2,9 segundos para ser mais exacto. Ufa… que isto anda mesmo!Mas para não assustar os condutores mais interessados a Hennessey equipou o CTS-V com um regulador de potência, de três níveis. O menos potente deixa o carro com “apenas” 800cv.

A sério? 800cv?! Mais valia não terem posto nada, ou então admitam que é um dispositivo só para gabarolas – Ah e tal o meu carro ‘tá a puxar mal…! Epá espera lá oh Toni… tenho isto regulado só para 800cv! Enfim, sem comentários.

Brincadeiras à parte, a verdade é que o Hennessey CTS-V VR1200 Twin-Turbo Coupé – é este o nome completo do modelo – foi pensado até ao ínfimo detalhe.

Para acompanhar o ímpeto do motor – ou tentar acompanhá-lo, a Hennessey equipou o CTS-V com travões em cerâmica, pneus de medida “infinita”, e suspensões mais desportivas. Acrescentou apêndices aerodinâmicos um pouco por todo o lado para gerar downforce et voilá. Aqui têm o vencedor do título de coupé de quatro lugares mais rápido do mundo.

Por uma margem de quê? 600cv?! Lol…

A boa notícia é que a Hennessey só vai produzir 12 unidades do CTS-V portanto não precisam de ter medo de sair à rua. A probabilidade de se cruzarem com uma das 12 unidades é mais reduzida do que acertar no Euro-milhões. Espero que tenham gostado de conhecer esta besta. Acompanhem-nos também no facebook – clica aqui.Especificações do Cadillac VR1200 Twin Turbo Coupé

Potência:
• 1,226cv @ 6,400 rpm (1,066cv medidos à roda)
• 1,109Nm @ 4,000 rpm (964Nm medidos à roda)

Performance Estimada:
• 0-100 km/h: 2.9 secondos
• 0-400m: 10.4 segundos
• Vel. Máx: 391 km/h

VR1200 Twin Turbo Upgrade Incluiu:
•  motor 427 CID (7.0L) V8 em alumínio
• Pistons em alumínio
• Peças interiores aligeiradas
• Cambota maquinada e especificamente desenvolvida
• Balancetes recalibrados
• Novo comando de válvulas
• Cabeça de motor de alto fluxo
• Árvore de cames Hennessey VR1200
• Injectores trabalhados
• Sistema de combustível melhorado (bomba e tubagens)
• Turbo compressores de alta pressão
• Wastegates duplas
• Boost Controller Ajustável (800, 1000 & 1226cv)
• Ligações dos turbos em inox
• Intercooler a ar e água
• High-Flow Air Induction System
• Gestão do motor pela HPE

Transmissão & caixa de velocidades:
• Embraiagem dupla de alto rendimento
• Transmissão em carbono

Sistema de travões Brembo:
• Discos em carbono de 15.1 polegadas (frente/trás)
• Maxilas: 8-Pistons (Frente); 6-Pistons (atrás)

Jantes & Pneus:
• Jantes Hennessey: 20×10 inch (Frente); 20×13 inch (trás)
• Pneus Michelin Pilot Super Sport: 275/30YR-20 (Frente); 345/30YR-20 (trás)

Upgrades à suspensão:
• Diminuição da altura ao solo
• Substituição por unidades de semi-competição
• Afinação pelo John Heinricy Tunner



Texto: Guilherme Ferreira da Costa