Diesel ou híbrido plug-in. Qual é a melhor opção?

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Tecnologia

Diesel ou híbrido plug-in. Qual é a melhor opção?

Tendo em consideração as vantagens dos Diesel e dos híbridos plug-in, qual é a melhor opção para particulares e empresas? Juntámos duas versões do SEAT Leon para comparar as tecnologias.

Advertisement
Advertisement
Advertisement
A escolha de um automóvel nunca foi tão complexa. São inúmeros os critérios a ter em consideração: perfil de utilização, custos, distância percorrida, benefícios fiscais e gosto pessoal — apenas para mencionar alguns.

Neste universo de opções, para quem procura custos de utilização reduzidos e total liberdade de movimentos sem os constrangimentos dos 100% elétricos, os automóveis Diesel e híbrido plug-in são duas das principais alternativas.

SEAT e-Hybrid ou Diesel?

Neste confronto de tecnologias, para reduzir as variáveis, tivemos à nossa disposição dois modelos muito similares: o SEAT Leon Sportstourer e-Hybrid e o SEAT Leon TDI. Diesel ou híbrido plug-in, qual é a melhor opção?

Tivemos em consideração a performance, o tipo de utilização, os consumos e os benefícios fiscais atribuídos a cada tecnologia, escolhendo para este confronto as versões mais potentes da gama SEAT Leon.

Para quem cumpre grandes distâncias, os motores Diesel continuam a oferecer uma boa relação custo/benefício. Sem constrangimentos de carregamento e com recurso a um combustível mais barato que a gasolina, esta continua a ser a opção de muitas empresas e particulares.

Gama SEAT Leon
No caso da gama SEAT Leon TDI, contamos com a última geração do motor 2.0 TDI nas versões de 115 e 150 cv. Os preços iniciam-se nos 30 766 euros para a versão STYLE de cinco portas.

No entanto, a tecnologia híbrida plug-in também tem alguns «trunfos na manga». Além da autonomia em modo elétrico — que permite cumprir deslocações mais curtas em modo zero emissões — a SEAT Leon Sportstourer e-HYBRID ainda beneficia de um enquadramento fiscal mais favorável para as empresas, nomeadamente:

  • Tributação Autónoma reduzida;
  • Dedução integral do IVA para as empresas;
  • As empresas beneficiam de 100% das depreciações dos carros híbridos plug-in em sede de IRC;
  • Redução do ISV de 75% na aquisição;
  • O IVA do consumo de eletricidade é integralmente dedutível;
  • Redução no Imposto Único de Circulação.

SEAT Leon Sportstourer e-Hybrid

Tendo em consideração estes benefícios, a marca espanhola desenvolveu uma Edição Fiscal da SEAT Leon Sportstourer e-HYBRID, com um preço de 25 907€ + IVA.

O nível de equipamento proposto nesta Edição Fiscal contempla tecnologias como: Quadro de Instrumentos Digital; Volante desportivo multifunções em pele; Climatronic 3 zonas com painel de controlo nos bancos traseiros; SEAT Full LED; Park Assist; Sensores de Estacionamento dianteiros e traseiros; Sistema Keyless; Full Link com Sistema de Navegação Plus 10”; entre outros.

Qual a melhor opção?

No caso das empresas, os benefícios fiscais não deixam margem para dúvidas:

As motorizações híbridas plug-in têm vantagens financeiras insuperáveis pelos motores Diesel.

Gama SEAT Leon

Na perspetiva dos particulares a escolha terá de ser mais ponderada. Qual o tipo de utilização que será dada ao automóvel? Mais urbana ou maiores distâncias?

São estes pontos fundamentais na escolha da tecnologia do seu próximo automóvel. Na gama SEAT Leon estão disponíveis motores Diesel, híbridos plug-in e, finalmente, motores a gasolina. Esta última opção com custos de aquisição mais reduzidos, que pode influenciar de forma determinante a escolha final.

Este conteúdo é patrocinado porSEAT

Mais artigos em Branded Content