Fiscalidade Automóvel

Quais os incentivos para veículos elétricos em 2021?

Conheçam os incentivos e isenções à aquisição de veículos elétricos, não só para o mercado profissional como para o mercado dos particulares.

Sabiam que existem incentivos monetários e possíveis isenções para a aquisição de veículos elétricos que poderão abranger-vos, não só na vossa esfera profissional como também na vossa esfera pessoal? Sim, desta vez não nos referimos só às empresas, mas também ao cliente particular.

Os incentivos fiscais têm um peso bastante significativo no nosso orçamento e, como tal, devemos fazer as nossas escolhas com base na promoção da eficiência fiscal.

Notem que, contrariamente à maioria dos benefícios fiscais, este apoio não se limita apenas à aquisição de viaturas na ótica das empresas, mas também na de pessoas particulares.

VEJA TAMBÉM: Carro de empresa. Comprar um «elétrico de sonho» ou um Diesel?
Peugeot e-208

Deste modo, fiquem a conhecer o caso do Artur. O Artur pretende comprar uma nova viatura e com o auxílio da UWU Solutions, teve conhecimento de todos os incentivos e benefícios de que poderá usufruir na aquisição de veículos elétricos. Esta decisão permitiu ao Artur obter uma poupança significativa, baseada numa escolha inteligente.

Este incentivo é dirigido a pessoas singulares e empresas que pretendem adquirir uma viatura exclusivamente elétrica, em estado novo. De forma resumida, temos os seguintes benefícios monetários:

Descrição Beneficiários Estado Limites Pessoas Singulares Empresas
Ligeiros de passageiros 100% elétrico Pessoas Singulares Novo 1 incentivo 3000 €
Ligeiros de mercadorias 100% elétrico Pessoas singulares e empresas Novo Pessoa Singular: 1 incentivo
Empresa: 2 incentivos
6000 € 6000 €
Bicicletas de carga 100% elétricas Pessoas singulares e empresas Novo Pessoa Singular: 1 incentivo
Empresa: 4 incentivos
50% até limite de 1000 € 50% até limite de 1000 €
Bicicletas de carga convencionais Pessoas singulares e empresas Novo Pessoa Singular: 1 incentivo
Empresa: 4 incentivos
50% até limite de 500 € 50% até limite de 500 €
Bicicletas; Motociclos; Ciclomotores e bicicletas de carga 100% elétricos Pessoas singulares e empresas Novo Pessoa Singular: 1 incentivo
Empresa: 4 incentivos
50% até limite de 350 € 50% até limite de 350 €
Bicicletas convencionais Pessoas singulares e empresas Novo Pessoa Singular: 1 incentivo
Empresa: 4 incentivos
20% até limite de 100 € 20% até limite de 100 €

Contudo, deverá ter em atenção que:

  • No caso da aquisição de um veículo ligeiro de passageiros 100% elétrico, só são elegíveis veículos com valor de aquisição inferior ou igual a 62 500 euros (IVA e despesas incluídas);
  • Terá de manter o veículo por período mínimo de 24 meses.

Importa ainda frisar que o pedido de atribuição deverá ser apresentado, através do preenchimento de um formulário, no site do Fundo Ambiental. Os incentivos estão limitados pelas verbas atribuídas e serão ordenados de acordo com a data de formalização do pedido. Mas não acaba por aqui!

Quanto à isenção de ISV e IUC, existem também algumas particularidades que poderão influenciar a sua escolha. Vejamos:

  • Automóveis exclusivamente elétricos: estão completamente isentos de ISV e IUC, desde que a data da matrícula seja posterior a 2007.
    • Importado usados da União Europeia: Não pagam qualquer imposto;
    • Importados fora da União Europeia: Também não estão sujeitos a ISV e IUC. Porém, haverá lugar a pagamento de taxas aduaneiras com a transação da viatura.
  • Automóveis híbridos ou híbridos plug-in:
    • IUC: Não estão isentos de imposto;
    • ISV novos ou importados usados: Os híbridos normais pagam 60% do ISV e os híbridos plug-in pagam 25% do valor.
Tesla Model 3
VEJA TAMBÉM: Ecar Show. Salão do Automóvel Híbrido e Elétrico já tem data marcada

Caso Prático: “O Artur e o seu carro novo”

O Artur decidiu adquirir uma viatura exclusivamente elétrica pelo valor de 60 mil euros. Este montante inclui o valor do IVA e respetivas despesas. Importa também referir que o mesmo se trata de um veículo ligeiro de passageiros. No entanto, o seu filho António colocou-lhe uma pertinente questão que certamente é de interesse analisar: “Pai, não seria mais vantajoso comprar um híbrido?”

Como estava devidamente informado, o Artur, com base nos benefícios fiscais que lhe apresentámos, conseguiu prontamente responder ao seu filho. Curiosos com a resposta? Vamos quantificar a poupança que obteve com esta aquisição!

De forma a agilizar o processo, a UWU Solutions resolveu esquematizar toda a informação correspondente às necessidades atuais do Artur. Tal que:

Descrição Benefício ISV IUC
Viaturas 100% elétricas 3000 € Isento Isento
Viaturas híbridas Não tem Sujeito a 60% do valor Sujeito
Viaturas híbridas plug-in Não tem Sujeito a 25% do valor Sujeito
Viaturas a gasolina e gasóleo Não tem Sujeito Sujeito

O Artur poderá adquirir um veículo ligeiro de passageiros totalmente elétrico, em estado novo, e receber 3000 euros. Para além disto, não irá pagar IUC e ISV sobre o mesmo.

Repare como, também na esfera privada, a poupança de impostos inerente à aquisição de uma viatura elétrica, poderá trazer uma poupança fiscal bastante significativa. A preocupação ambiental é, sem dúvida, cada vez mais valorizada e, por esta mesma razão, os incentivos fiscais subjacentes são constantemente renovados. Porque não aproveitar?

Artigo disponível em UWU.


Fiscalidade Automóvel. Todos os meses, aqui na Razão Automóvel, há um artigo da UWU Solutions sobre fiscalidade automóvel. As novidades, as mudanças, as principais questões e toda a atualidade em torno desta temática.

UWU Solutions iniciou a sua atividade em Janeiro de 2003, como empresa de prestação de serviços de Contabilidade. Ao longo destes mais de 15 anos de existência têm vindo a registar um crescimento sustentado, alicerçado na elevada qualidade dos serviços prestados e na satisfação dos clientes, o que permitiu desenvolver outras competências nomeadamente nas áreas de Consultoria e de Recursos Humanos numa lógica de Business Process Outsourcing (BPO).

Atualmente, a UWU tem ao seu serviço 16 colaboradores, distribuídos pelos escritórios de Lisboa, Caldas da Rainha, Rio Maior e Antuérpia (Bélgica).

Mais artigos em Notícias