Arranque a Frio

Já conhecias o Covini C6W, o super-carro com 6 rodas?

No universo dos super-desportivos nem sempre é fácil destacar-se da "multidão", mas o Covini C6W distingue-se como nenhum outro.

Tudo por que este super-desportivo italiano tem um total de seis rodas — quatro à frente e duas atrás. Revelado ao mundo em 2004, entrou em produção em 2006 (previstas 6-8 unidades por ano), mas não sabemos ao certo quantas unidades do Covini C6W já foram produzidas.

Imaginado por Ferruccio Covini, o fundador da Covini Engineering, as suas origens remontam a 1974. O projeto seria suspenso na altura pela falta de pneus, ou melhor, da tecnologia para conseguir os pneus de baixo perfil que precisava. O projeto seria retomado, aos poucos, nas décadas de 80 e 90.

A questão é o porquê de quatro rodas à frente? Resumidamente, segurança e performance.

VÊ TAMBÉM: Estimulante sonoro. Os V12 naturalmente aspirados que tens de ouvir “gritar”

Em caso de furo, é possível controlar o carro e há menos risco de aquaplaning. Os discos de travão são mais pequenos, mas ao haver quatro, consegue uma maior superfície de travagem, reduzindo o potencial de sobreaquecimento. O conforto é, alegadamente, superior; as massas não suspensas são inferiores e a estabilidade direcional é também melhorada.

A motivar o Covini C6W está um 4.2 V8 (Audi) em posição central traseira, com 440 cv, sendo capaz de roçar os 300 km/h.

O preço? À volta de 600 mil euros… base.


Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.