Arranque a Frio

Sabes como enganar o Google Maps? Este artista alemão explica

O Google Maps é uma ótima ferramenta para fugir ao trânsito, no entanto, tal como este artista alemão nos demonstrou, não é muito difícil enganá-lo.

Antes de te explicarmos porque é que o artista alemão Simon Weckert decidiu enganar o Google Maps e criar um falso engarrafamento, convém explicar-te como funciona o sistema “milagroso” de mapas que através de um simples código de cores tantas vezes nos safa de intermináveis horas no trânsito.

Sempre que um iPhone tem o Google Maps aberto ou um smartphone com o sistema Android tem o sistema de localização ativado, a Google recolhe, de forma anónima, pequenos dados de informação. Isto permite à empresa não só analisar o número de carros numa estrada como calcular a velocidade a que estes circulam em tempo real.

Aproveitando este método de recolha de informação, Simon Weckert decidiu enganar o Google Maps. Para tal, pegou num pequeno carrinho vermelho, encheu-o com 99 smartphones, todos eles com o sistema de localização ativado e depois passeou-se pelas ruas de Berlim.

Isto fez com que o Google Maps assumisse que os 99 smartphones correspondiam a veículos em marcha lenta, criando assim um “engarrafamento” na aplicação. Com esta “obra de arte” quis “abalar” a confiança quase cega que as pessoas colocam na tecnologia.

VÊ TAMBÉM: E o superdesportivo mais procurado no Google é…

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Renault 17?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Porque é que este Renault 17 está identificado como Renault 177?

Mais artigos em Notícias