Guia de compra

Ford Kuga. O teu guia de compra para que não te escape nada

O Ford Kuga foi a resposta da Ford ao sucesso do segmento dos SUV médios. Na segunda geração continua a apresentar bons números de vendas.

Lançada em 2013 e renovada em 2017, a segunda geração do Ford Kuga continua, cinco anos depois do seu lançamento a ser um sucesso de vendas um pouco por toda a Europa. Foi o 10º modelo mais vendido em Inglaterra no mês de setembro, com 6018 unidades vendidas.

Mas o sucesso do Kuga não foi algo esporádico. O SUV da Ford ocupa também o 10º lugar entre os modelos mais vendidos em Inglaterra este ano e a nível europeu, teve o melhor ano de vendas em 2017, com 151 500 unidades vendidas, mais do que em qualquer outro ano de comercialização.

Ford Kuga Titanium

Para criar este SUV de sucesso a Ford partiu da base do Ford Focus, tal como tinha feito na primeira geração, e focou-se nas capacidades dinâmicas do modelo. Assim, o Ford Kuga acrescenta ao espaço e versatilidade típicos de um SUV capacidades dinâmicas que têm sido elogiadas por diversos membros da imprensa especializada.

Há um Kuga para todos os gostos

O que não falta na gama do Kuga é opções de escolha. O SUV da Ford conta com cinco motorizações, duas a gasolina e três Diesel; duas transmissões, manual de seis velocidades ou automática PowerShift de seis velocidades e pode ainda contar com tração integral, uma mais valia para os mais aventureiros.

Ford Kuga ST Line

Entre os motores a gasolina encontramos o 1.5 EcoBoost em duas variantes, com 150 cv e 176 cv; já do lado dos motores a gasóleo a oferta inicia-se no 1.5 TDCi de 120 cv e vai até ao 2.0 TDCi em dois níveis de potência, 150 cv e 180 cv.

Mas a oferta não se esgota nos motores, pois ao nível do equipamento também várias opções. O Ford Kuga conta com quatro níveis de equipamento: Business, Titanium, ST-Line e Vignale. O Business só está disponível com o motor 1.5 TDCi e caixa manual de seis velocidades, já o Titanium acrescenta ao 1.5 TDCi o 1.5 EcoBoost na versão de 150 cv e o 2.0 TDCi nos dois níveis de potência, sendo que na versão de 150 cv pode vir contar com tração integral ou dianteira e caixa manual ou automática e na versão mais potente só surge com caixa automática e tração integral.

O nível ST-Line surge com as mesmas motorizações que o Titanium contando com o 1.5 EcoBoost na versão de 150 cv, com o 1.5 TDCi e com o 2.0 TDCi nos dois níveis de potência, 150 cv e 182 cv. Por fim, a versão Vignale surge disponível com todos os motores da gama, contando com o 1.5 EcoBoost nos dois níveis de potência (150 cv e 182 cv), com o 1.5 TDCi de 120 cv e ainda com o 2.0 TDCi de 150 cv ou 176 cv.

Equipamento de série

Entre o equipamento de série do Ford Kuga é comum a todas as versões o sistema Auto-Start-Stop, cruise-control e ainda sistemas de segurança como o sistema de travagem de emergência. Está ainda disponível o sistema de infoentretenimento Ford SYNC 3 que associa comodidades como um ecrã de 8″ e o emparelhamento do smartphone, à possibilidade de controlar o sistema de som, de navegação e climatização através de comandos de voz.

A versão Titanium é a versão standard que já conta com equipamentos como os sensores de estacionamento, sensores de chuva, luzes de presença LED, o sistema Ford Key Free (que permite entrar no carro e pô-lo a trabalhar sem chave) e iluminação interior em LED.

Ford Kuga Vignale

Já para quem quer um Ford Kuga com um estilo mais desportivo, a Ford oferece a versão ST-Line que acrescenta alguns retoques que conferem um visual mais dinâmico ao Kuga, contando com a moldura das portas em preto, um kit exterior que inclui saias laterais na cor da carroçaria, as ponteiras de escape pintadas em preto em vez de cromadas.

Por fim, para quem procura uma versão mais luxuosa a Ford oferece o Kuga Vignale. A versão de topo do SUV da Ford oferece, de série, o sistema de abertura mãos-livres da bagageira (opcional nas restantes versões), faróis dianteiros Bi-xénon e o volante em pele. Está ainda disponível em todas as versões, com exceção da Business, o pack Driver Plus que inclui o sistema de assistência de manutenção de faixa, sistema de deteção de ângulo morto e de travagem ativa em cidade.

A partir de 31 635 euros* (ou 27 390 euros1, com campanha)

A versão mais acessível do Ford Kuga é a Titanium associada ao motor 1.5 EcoBoost na variante de 150 cv com caixa manual de seis velocidades e tração dianteira: tem um preço base de 31 365 euros*. Já a versão de topo do SUV da Ford é o Kuga Vignale, com preços a começar nos 37 533 euros* para a versão com motor 1.5 EcoBoost de 150 cv e caixa manual de 6 velocidades. Equipado com o motor 2.0 TDCi de 180 cv, com caixa automática PowerShift de seis velocidades e tração integral, custará 57 077 euros*.

No entanto, a Ford tem a decorrer até ao final do mês de novembro de 2018 os Ford Blue Days. Com esta campanha podes comprar um Kuga com poupanças de até 6 900 euros caso optes pelo Kuga Titanium. Para além desta versão, a restante gama do SUV da Ford, com exceção da versão Business, está abrangida por esta campanha até 30 de novembro.

Ford Kuga Titanium

* preços sem despesas de legalização e transporte

1 Consumo combinado de 4.4 l/100 km e emissões COde 115 g/km. Os valores de consumo e emissões COmedidos em conformidade com o ciclo NEDC (correlacionado de WLTP/ CO2MPAS) e o Regulamento UE 2017/1151, podem variar em função dos procedimentos de homologação.
Exemplo para Kuga Titanium 1.5 TDCi 88 Kw (120 cv) 4×2 (inclui Pack Estilo, câmara de Visão Traseira, Faróis Bi-Xenon Adaptativos). Não inclui despesas de legalização e transporte. Visual não contratual. Limitado ao stock existente. Válido para particulares até 31/12/2018.

Este conteúdo é patrocinado porFord

Mais artigos em Branded Content

Os mais vistos