Mercado

Grupo Volkswagen tem novo CEO. Diess substitui Mueller no topo da hierarquia

Depois dos rumores, a confirmação: o grupo Volkswagen tem novo CEO e Presidente. Herbert Diess, até aqui líder da marca Volkswagen, vai assumir o comando do grupo, substituindo no cargo Matthias Mueller.

Parte de uma reestruturação mais abrangente, a troca de Matthias Mueller, por Herbert Diess, nos cargos de CEO (diretor executivo) e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Volkswagen, é descrita pela própria companhia como uma decisão “mútua” e com efeitos imediatos.

Matthias Mueller fez um trabalho excelente no Grupo Volkswagen. Ele assumiu a liderança do Conselho de Administração no outono de 2015, quando a companhia enfrentava um dos maiores desafios da sua história

Hans Dieter Pötsch, Presidente do Conselho de Supervisão do Grupo Volkswagen

Num comunicado entretanto divulgado, Pötsch destaca ainda o facto de Mueller ter sido capaz de “conduzir, de forma segura, o grupo Volkswagen”, durante todo o escândalo do Dieselgate, ao mesmo tempo que deu início a uma transformação cultural e a um realinhamento da estratégia do grupo. Tornando, desta forma, o grupo “mais robusto”, o que o torna “merecedor dos agradecimentos de toda a companhia”.

Matthias Mueller, Diretor Executivo Grupo Volkswagen
Depois de ter liderado o maior construtor automóvel durante um dos períodos mais conturbados da sua história, Matthias Mueller abandona, agora, o palco

Reorganização destaca importância da China

A par da nomeação de um novo CEO e Presidente, a Volkswagen anunciou igualmente a reorganização do grupo em seis áreas de negócio, além da criação de uma nova região especial, centrada na China.

Também fruto desta reorganização, o grupo centrará a sua atividade em três grandes grupos, “Volume, Premium e Super Premium”, ficando Diess com a responsabilidade direta da área da pesquisa e desenvolvimento, na companhia.

Igualmente decidido ficou que Rupert Stadler, até aqui com as funções de CEO da Audi, assumirá a responsabilidade de gerir as vendas de todo o grupo, ao passo que Oliver Blume, CEO da Porsche, terá a seu cargo a supervisão de toda a produção do construtor.

Blume foi ainda nomeado para o Conselho de Administração do grupo, juntamente com Gunnar Kilian, que substituirá Karlheinz Blessing, o qual está de saída, “por mútuo acordo”.

audi
Rupert Stadler no discurso de inauguração da nova fábrica no México. © AUDI AG

Agilizar é objetivo

Segundo o Grupo Volkswagen, a nova estrutura “vem agilizar a gestão da companhia, promovendo cada vez mais as sinergias entre os diferentes setores, ao mesmo tempo que acelera os tempos de tomada de decisão”.

Herbert Diess CEO Volkswagen Group 2018
Herbert Diess passa da marca Volkswagen, para a liderança de todo o grupo

Quanto a Diess, emitiu já um comunicado no qual afirma que “o Volkswagen Group é a união de várias marcas fortes, com grande potencial”, ao mesmo tempo que agradece ao antecessor e defende que, “numa fase de profunda agitação na indústria automóvel, é vital para a Volkswagen ganhar velocidade e imprimir uma marca indelével no domínio da mobilidade elétrica, da digitalização do automóvel e do transporte, assim como em termos de novos serviços de mobilidade”.

Sabes responder a esta?
Quantos Huayra Coupé tem previsto produzir a Pagani?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Pagani Huayra Coupé despede-se com “Il Ultimo”

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos