Já disponível em França

Citroën C1. Atualizado com mais cavalos e duas versões especiais

Irmão (quase) gémeo de modelos como o Peugeot 108 ou o Toyota Aygo, o Citroën C1 acaba de receber uma atualização. Centrada sobretudo na tecnologia, motores e novas versões.

Começando pelos motores, a maior novidade neste “novo” Citroën C1 reside na evolução do três cilindros 1.0 a gasolina, partilhado com o 108 e o Aygo. Neste modelo mais citadino, a debitar 72 cv de potência (+4 cv), e já cumpridor da norma anti-emissões Euro 6.2 e preparado para os testes WLTP e RDE.

O novo motor está disponível, tanto com caixa manual, como com transmissão automática.

Em termos tecnológicos, destaque para disponibilização de soluções como o MirrorLink, Android Auto e Apple CarPlay, através do sistema de infoentretenimento com ecrã tátil de 7 polegadas. Sendo que o cliente pode ainda acrescentar a câmara traseira, sistema de reconhecimento de sinais de trânsito, além de acesso e ignição sem chave. Sem esquecer, no domínio da segurança, tecnologias como o Aviso de Transposição de Faixa, Sistema de Travagem Automática em Cidade e Ajuda ao Arranque em Subidas.

Citroen C1 Restyling 2018

O Citroën C1 está disponível num total de 32 combinações de cores para o exterior, as quais encontram correspondência no interior.

Duas novas versões, para já apenas na França

O renovado Citroën C1 passa a contar igualmente com duas novas edições especiais, Urban Ride e ELLE, disponíveis em França, por 14 450 euros e 14 950 euros, respetivamente. Em ambos os casos, sinónimo de mais equipamento e soluções personalizadas. Conhece-as em mais pormenor na galeria:

Ambas as versões especiais estão desde já disponíveis, para encomenda, em França, propostas com o referido tricilíndrico. Podendo depois o cliente optar entre a caixa manual e automática.

RELACIONADO: Monovolumes da Citroën abandonam a designação Picasso

Sabes responder a esta?
Onde foi construída a primeira "Rotunda Mágica"?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Rotunda Mágica. Sete rotundas numa só… a funcionar desde 1972

Mais artigos em Notícias