Mobilidade

Novas taxas de portagem para 2018

É já uma tradição que se repete a cada ano. Ano novo, novas taxas de portagem. Reduções nem vê-las.

As portagens na rede Brisa Concessão Rodoviária (BCR) aumentaram a 1 de janeiro. As novas taxas de portagem aumentaram em média, cerca de 1,47%, de acordo com os mecanismos de atualização de taxas previstos no respetivo contrato de concessão.

Cerca de 70% das taxas de portagem da classe 1 não têm atualização.

Nos termos da legislação em vigor, a atualização das taxas de portagem tem como referência, conforme legalmente estipulado, a taxa de inflação homóloga – continente sem habitação – de outubro.

O método de atualização traduz o mecanismo de arredondamento das taxas de portagem para o múltiplo de cinco cêntimos mais próximo, o que implica, em termos práticos, atualizações não homogéneas.

VÊ TAMBÉM: A partir de 1 de janeiro vai ficar (ainda) mais caro andar de carro

Existem, por isso, casos de taxas de portagem que apresentam uma variação inferior à média ou mesmo nula, sendo que, noutros casos, as taxas de portagem apresentam uma variação superior à média, por não terem sido objeto de atualização em anos anteriores.

Neste sentido, o aumento médio para todas as classes de veículos e todos os trajetos é estimada em 1,47%.

Para a classe 1, apenas 28 das 93 taxas de portagem foram atualizadas.

Aqui pode consultar as taxas de portagem em vigor em 2018.

Mais artigos em Notícias