Apresentação

Mercedes-Benz Classe S Coupé e Cabriolet renovados a caminho de Frankfurt

Após a renovação da berlina, chega agora a vez dos Mercedes-Benz Classe S Coupé e Cabriolet também receberem conjunto de atualizações.

A apresentação dos renovados Mercedes-Benz Classe S Coupé e Cabriolet acontecerá já amanhã no Salão de Frankfurt. Tal como aconteceu com o Classe S berlina, o coupé e cabriolet beneficiarão de novos equipamentos e não só.

Neste facelift, o estilo foi ligeiramente revisto, destacando-se os novos para-choques, saias laterais e pelas óticas traseiras OLED (díodo orgânico emissor de luz). Esta tecnologia obtém a iluminação através de placas de vidro, nas quais são impressas finas camadas de materiais orgânicos. No total são 66 OLEDs ultra planos, garantindo um padrão de luz homogéneo e uma assinatura única, tanto de dia como de noite.

Mercedes-Benz Classe S Coupé

Cockpit Panorâmico agora com três estilos distintos

O interior continua a ser marcado pelo painel de instrumentos digital composto por dois ecrãs TFT de 12,3 polegadas, dispostos horizontalmente. Colocados por trás de um único painel de vidro formam o que a marca define como Cockpit Panorâmico. Os gráficos foram revistos e permitem agora escolher três estilos distintos: Classic, o Sporty e Progressive.

Além dos ecrãs, os Mercedes-Benz Classe S Coupé e Cabriolet, vêm com Botões Touch Control no volante, que respondem aos movimentos dos dedos como um ecrã de telemóvel. Estes permitem controlar as funções do painel de instrumentos e do sistema de infoentretenimento.

Este último ganhou suporte para mapas topográficos e imagens realistas em 3D.

Mercedes-Benz Classe S Cabriolet

Tal como a berlina, também o coupé e cabriolet podem vir, opcionalmente, com o Conforto de Controlo Energizing – um sistema que permite escolher até seis programas ou “estados de espírito” diferentes, com o objectivo de incrementar o bem estar e desempenho dos ocupantes. Esses programas têm a duração de 10 minutos e controlam todos os equipamentos de conforto: desde a climatização, fragrância, bancos (aquecimento, ventilação e massagem), iluminação e sistema de áudio.

Previsivelmente, os sistemas de assistência à condução Intelligent Drive foram melhorados. A assistência ao condutor é agora, segundo a marca, mais confortável, mantendo a distância de segurança para o veículo da frente e até permitindo ajustar automaticamente a velocidade antes das curvas, cruzamentos e rotundas.

V8: mais potência e menos consumos

Apesar do S400 passar a ser o S450, por baixo do capot mantém-se o V6 de 3.0 litros turbo a gasolina com idêntico valor de potência – 367 cv. Mas há novidades. O S450 adopta um sistema de roda livre – quando as condições se proporcionam o motor de combustão é desacoplado da caixa de velocidades e opera ao ralenti -, e passa a vir equipado com um filtro de partículas.

Um patamar acima, no bloco V8, as transformações são mais profundas. O S500 passa a S560 e apesar do incremento na denominação, este motor V8 é de facto mais pequeno – passa dos 4.7 para os 4.0 litros -, continuando a ser bi-turbo. O bloco pode ter menos capacidade, mas não foi impedimento para a potência crescer 14 cv, culminando nos 469 cv e igualando os 700 Nm de binário do predecessor.

A Mercedes-Benz anuncia menores consumos e emissões até 8% relativamente ao antecessor. Para tal contribui um sistema de desativação de cilindros e também a adopção, para toda a gama, de uma nova caixa de velocidades automática de nove velocidades: a 9G-TRONIC.

Acima destes residem os Mercedes-AMG S63 e S65, e tal como anteriormente diferenciam-se pelo recurso a um V8 e um V12, respectivamente. Se no caso do mais exótico S65 permanece tudo na mesma, no S63 também assistimos à substituição do anterior V8 de 5.5 litros por uma versão mais vitaminada do V8 de 4.0 litros. Motor que já vimos no E63, por exemplo.

Mercedes-Benz Classe S Cabriolet

E tal como no S560, o V8 mais pequeno suplanta o predecessor por 27 cv, atingindo agora os 612, igualando o binário de 900 Nm (!). Tais números permitem atingir os 100 km/h em apenas 3,5 segundos – nada mal considerando as vastas proporções o e peso dos Mercedes-Benz Classe S Coupé e Cabriolet.

O S63 surge associado a um sistema de tração 4MATIC e a uma caixa de velocidades automática de nove velocidades AMG SPEEDSHIFT MCT 9G.

RELACIONADO: Salão de Frankfurt 2017. O guia completo

 

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos