Segurança Rodoviária

Euro NCAP testou nove modelos mas nem todos conseguiram cinco estrelas

O Euro NCAP acaba de divulgar os resultados para nove modelos: Fiesta, CX-5, Grandland X, Compass, Koleos, Classe C Cabriolet, Rio, Picanto e Ampera-e.

A Euro NCAP, organização independente responsável por avaliar a segurança dos novos modelos do mercado europeu, apresentou de uma assentada os resultados para nove modelos. São eles o Ford Fiesta, o Jeep Compass, o Kia Picanto, o Kia Rio, o Mazda CX-5, o Mercedes-Benz C-Class Cabriolet, o Opel Grandland X, o elétrico Opel Ampera-e e, por fim, o Renault Koleos.

Nesta ronda de testes os resultados foram no geral bastante positivos, com a maioria a conseguirem obter as cinco estrelas – com algumas ressalvas, mas já lá vamos. Os modelos que conseguiram obter as desejadas cinco estrelas foram o Ford Fiesta, o Jeep Compass, o Mazda CX-5, o Mercedes-Benz C-Class Cabriolet, o Opel Grandland X e o Renault Koleos.

As cinco estrelas foram conseguidas graças a um bom equilíbrio entre a integridade estrutural do veículo, os equipamentos de segurança passiva e também de segurança activa, como por exemplo, a disponibilidade – de série – na maioria dos modelos da travagem automática de emergência.

Cinco estrelas, mas…

Apesar dos resultados positivos a Euro NCAP revelou algumas preocupações sobre a robustez nos testes de colisão laterais. Entre os modelos visados estão o Jeep Compass, o Mercedes-Benz Classe C Cabriolet e o Kia Picanto. No caso do SUV americano, o peito do manequim registou níveis de ferimentos acima do limite no teste do poste, mas ainda assim inferiores aos níveis que colocariam o condutor em risco de vida.

No descapotável alemão e o citadino coreano, no teste de impacto lateral, o manequim que representa uma criança de 10 anos, sentado por detrás do condutor, revelou também dados algo preocupantes. No Classe C Cabriolet o airbag lateral não evitou que a cabeça do manequim batesse na estrutura da capota, enquanto que no Picanto, o peito do manequim demonstrou estar pouco protegido.

Todos os ocupantes merecem ser igualmente protegidos, sejam um condutor adulto ou uma criança sentada atrás. A adopção de um manequim representativo de uma criança de 10 anos o ano passado permitiu-nos destacar áreas que podem ser melhoradas, mesmo em carros de cinco estrelas.

Michiel van Ratingen, Secretário Geral Euro NCAP

Três estrelas para os Kia, mas a história não acaba aqui

As quatro sólidas estrelas alcançadas pelo Opel Ampera-e só não revelaram melhores resultados pela ausência de alguns equipamentos, como avisadores do uso dos cintos de segurança traseiros. Já é o segundo Opel “acusado” de tal lacuna – o Insignia também apenas os disponibiliza como opção.

Os Kia Rio e Picanto ficaram-se apenas pelas três estrelas, o que à partida, não é um bom resultado. Mas este resultado é melhorável, caso optemos pela aquisição do Safety Pack, que adiciona equipamentos de segurança activa, onde se inclui o sistema de travagem automática de emergência.

O Euro NCAP testou as duas versões, com e sem Safety Pack, demonstrando a sua importância para o resultado final. O Picanto com Safety Pack ganha mais uma estrela, passando a quatro, enquanto o Rio passa das três para as cinco estrelas.

Sabemos que mais importante do que um automóvel nos conseguir proteger durante uma colisão é evitá-la. Mas quando comparamos os resultados dos testes de colisão nos dois modelos, com e sem os equipamentos adicionais de segurança, não existem diferenças nos resultados.

O Kia Picanto, por exemplo, continua a ser apenas razoável na proteção dos seus ocupantes nos diversos testes de colisão. No caso do Kia Rio, tenha ou não o Safety Pack, revela uma performance tão boa – e até melhor em alguns testes, como no do poste -, como o Ford Fiesta (concorrente directo e também testado) na protecção dos ocupantes em caso de colisão.

Para veres os resultados por modelo, dirige-te ao sítio do Euro NCAP.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos