Motor

Singer, Williams e Mezger revelam seis cilindros boxer com 500 cv… arrefecidos a ar

Um seis cilindros boxer arrefecido a ar com 500 cv é a proposta da Singer para equipar um dos seus Porsche 911 re-imaginados.

Para quem não conhece, a Singer Vehicle Design dedica-se, como a própria o diz, a re-imaginar Porsche 911. A atenção ao detalhe e a qualidade de execução são exímias. Se o restomodding tem uma hierarquia, a Singer teria de estar no topo ou muito perto disso.

E assim deverá permanecer com o anúncio do seu último projecto, que incidirá sobre o venerável seis cilindros boxer arrefecido a ar. O ponto de partida foi o motor do 911(964) – um seis cilindros boxer com 3.6 litros, debitando 250 cv às 6100 rpm.

Concebido originalmente pelo lendário Hans Mezger, a Singer não se coibiu de pedir a sua colaboração para a tarefa em mãos, regressando ao ativo como consultor técnico.

Para compor esta equipa de sonho, nada como unir esforços com a Williams Advanced Engineering (parte da Williams Grand Prix presente na Fórmula 1) e meter mãos à obra. E o resultado é glorioso:

  • 500 cavalos
  • Capacidade cresce dos 3.6 litros para os 4.0 litros
  • Quatro válvulas por cilindro e duas árvores de cames por bancada
  • Mais de 9000 rpm (!)
  • Circuito duplo de óleo
  • Bielas em titânio
  • Corpos de borboleta em alumínio com cornetas de admissão em fibra de carbono
  • Injectores superiores e inferiores para melhor performance
  • Caixa de ar em fibra de carbono com ressonador ativo para otimização da entrega de binário em regimes médios
  • Sistema de escape em Inconel e titânio
  • Ventoinha do motor aumentada e otimizada no seu desenho
  • Sistema de admissão Ram Air
  • Materiais leves usados de forma extensiva como titânio, magnésio e fibra de carbono

O carro que estreará esta criação gloriosa será um 911 (964) de 1990 pertencente a Scott Blattner. afirma que ficou intrigado com o novo nível de serviços de restauração e modificações proposto pela Singer, focados na alta performance e redução de peso. Blattner não é estranho à Singer – este será o seu quarto automóvel encomendado a eles. Na sua garagem já estão dois 911 coupé e um targa.

Ajudar os nossos clientes a realizar a sua visão para um Porsche 911 re-imaginado com a ajuda da realeza automóvel é um privilégio. [...] Com um desenvolvimento cuidadoso e dedicado, o icónico motor arrefecido a ar tem muito para dar aos devotos existentes e a uma nova geração de entusiastas.
Rob Dickinson, Fundador da Singer Vehicle Design

Paul McNamara, diretor técnico da Williams Advanced Engineering, também referencia a oportunidade de consultar Hans Mezger – o “pai” do icónico seis cilindros boxer arrefecido a ar – no desenvolvimento do novo motor.

O resultado final, montado no carro, será conhecido em breve. Aguardamos ansiosamente.

 

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos

Pub