Desporto Motorizado

Peugeot 208 T16 Pikes Peak tem novo dono e vai voltar a correr

Em 2013, este Peugeot 208 T16 venceu e bateu o recorde da subida de Pikes Peak. Recorde que se mantém até hoje. Agora vai mudar de casa...

Foi no passado fim de semana, a 25 de junho, que decorreu mais uma edição da Pikes Peak International Hill Climb, a famosa prova de montanha que decorre no Colorado, EUA todos os anos.

São 20 km de extensão, agora totalmente asfaltados (antigamente a estrada era de terra batida), numa prova conhecida como «Corrida até às Nuvens». Um apelido que se deve às diferenças de altura entre a partida e a chegada. A partida inicia-se a 2.862 metros acima do nível do mar, e não pára de subir até aos 4300 metros.

O vencedor absoluto da edição de 2017 foi Romain Dumas, com o protótipo Norma MXX RD Limited, tendo conseguido o tempo de 9 minutos e 05,672 segundos. Um tempo muito bom, mas longe, muito longe do recorde absoluto da prova.

Esse foi conseguido em 2013, por Sébastien Loeb, o senhor «WRC» 9 vezes Campeão do Mundo de Ralis, a bordo de uma máquina infernal: o Peugeot 208 T16. Um monstro com 875 cavalos e apenas 875 quilos, capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em escassos 1.8 segundos, até aos 200 em 4.8 e até aos 240 km/h em apenas 7.0 segundos!

Tais números são providenciados por um V6 de 3.2 litros sobrealimentado, instalado em posição central traseira, e claro, tração total. Do Peugeot 908 HDi, que participou nas 24 Horas de Le Mans, recebeu o seu massivo aileron, um dos elementos mais visíveis da sua aerodinâmica optimizada para lidar com as 156 curvas do traçado.

O tempo conseguido pelo piloto e pelo 208 continuam por bater: 8 minutos e 13,878 segundos.

O Peugeot 208 T16 voltará a correr

Foi a Peugeot, naturalmente, que ficou com a guarda da máquina, mas agora esta irá mudar de mãos. E vai mudar, precisamente para as mãos do piloto que a dominou: Sébastien Loeb, através da Sébastien Loeb Racing, propriedade do piloto.

Sébastien Loeb

O objectivo passará por fazer com que o Peugeot 208 T16 regresse aos circuitos, três anos após a sua última saída. Um primeiro teste já foi efetuado com sucesso, no circuito conhecido como Anel de Reno, situado na região de Alsácia.

Este teste antecipa a participação do 208 T16 e de Sébastien Loeb na rampa de Turckheim-Trois Épis, a 9 e 10 de setembro, que passa a ser aguardada com expetativas redobradas.

Sempre sonhei possuir este carro. Queria voltar atrás no tempo: é um carro complicado de conduzir, mas rapidamente reencontrei as sensações únicas que ele gera.

Sébastien Loeb

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos