Troika o quê?

Koenigsegg Regera. Querias um? Já vais tarde…

As 80 unidades do Koenigsegg Regera já estão todas vendidas. Prazo de entrega? Em alguns casos quatro anos!

Estavas a planear que a tua próxima aquisição fosse um Koenigsegg Regera. Já vais tarde… As 80 unidades que Christian von Koenigsegg, proprietário e fundador da marca, decidiu produzir já têm dono.

Os dois milhões de euros pedidos por cada Regera não afastaram os interessados. Continuando nos números, recordamos as especificações deste modelo: Motor V8 biturbo, três motores elétricos e 1.500 cv de potência. Números mais que suficientes para alcançar os 300 km/h em apenas 10,9 segundos. Velocidade máxima? 402 km/h.

Regera, em sueco, significa reinar.

O preço impressiona tanto como os números da mecânica: dois milhões de euros/cada e uns impressionantes 1.500 cv extraídos do V8 biturbo e três motores elétricos. Este “monstro” do pequeno construtor sueco chega dos 0 aos 300 km/h em escassos 10,9 segundos, 0 a 385 km/h em 20 segundos e ultrapassa os 402 km/h de velocidade máxima.

Outra das particularidades deste modelo é que não recorre a uma caixa de velocidades convencional. Recorre a uma transmissão de apenas uma relação, apelidada de Koenigsegg Direct Drive (KDD).

Como funciona a KDD? Vamos tentar explicar isto de forma simples (ainda que seja complexo). A baixa velocidade (desde o arranque por exemplo), o Regera apenas recorre a dois motores elétricos. Como sabem, a baixa velocidade o problema não é a potência disponível, é a tração.

Só a partir de determinada velocidade (quando os níveis de tração são superiores à potência disponibilizada pelos motores elétricos) é que o sistema hidráulico liga o motor de combustão à transmissão, levando o motor 5.0 V8 biturbo de 1.100 cv desde baixas rotações até ao regime máximo de 8.250 rpm, que coincide com a velocidade máxima do modelo: 402 km/h.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos